Publicidade
19/01/2018
Login
Entrar

DC Mais

05/01/2017

Curtas DC MAIS

Email
A-   A+
Ensino privado

O Sindicato das Mantenedoras de Ensino Superior (Semesp) revisou para baixo estimativas de crescimento das matrículas no ensino privado. A entidade considerou que houve queda na procura e projeta que o ingresso de novos alunos no ensino presencial deverá crescer apenas 0,6% em 2017, ante projeção feita em novembro de 1,1% de alta. O Índice Semesp de Ingressantes Presencial é atualizado mensalmente, com base em dados de mercado e monitoramento da procura de estudantes por cursos de ensino superior. O Semesp acredita que, em 2016, o número de ingressantes tenha caído 2,6%. Dados oficiais para 2016 só devem ser divulgados no segundo semestre pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A entidade também revisou previsão para matrículas no ensino presencial, de calouros e de veteranos. A expectativa é de crescimento de 0,4% em 2017, ante previsão de 0,7%.

Nomes em alta

Maria Júlia Coutinho parece estar agradando tanto aos telespectadores do Jornal Nacional que seu nome virou, até mesmo, hit na lista dos mais populares de 2016. Segundo levantamento do site BabyCenter Brasil, com base no cadastro de 163 mil crianças, Maria Júlia foi um dos nomes femininos que mais cresceram no último ano, ao lado de Eloah, Maria Valentina, Liz, Allana, Antonella, Elisa e Maria Cecília. Do lado masculino os destaques foram Luiz Miguel, Noah, João Guilherme, Enzo Gabriel, Anthony, Benjamin, Bento e João Miguel. Em contrapartida, estão com a popularidade em baixa Bárbara, Amanda, Natália, Vitória, Eduarda, Bianca, Carolina e Luana, para as meninas, e Igor, Davi Luiz, João Lucas, Kaíque, Nathan, Rodrigo, Vítor, Francisco e Thiago para os garotos.

Perfil do consumidor

Pesquisa realizada pela J.D. Power em parceria com o portal iCarros mostra que 42% dos consumidores brasileiros já admitem comprar um veículo pela internet. Desse montante, 19% se dizem dispostos a fazer todo o processo de forma online, desde a escolha do carro até o pagamento da primeira parcela. Ainda segundo a pesquisa, os entrevistados da região Sudeste afirmam que a escolha do modelo é feita principalmente com base nos itens qualidade (45%) e conforto (42%). As marcas mais procuradas na região são Chevrolet (23%), Fiat (17%), Volkswagen (14%), Honda (9%) e Ford (9%).

Morre Vida Alves

A atriz Vida Alves, que marcou a história da televisão brasileira ao protagonizar, ao lado de Walter Foster, o primeiro beijo em uma telenovela nacional em “Sua Vida Me Pertence”, na TV Tupi, em 1951, morreu na terça-feira (3), em São Paulo. Ela estava com 88 anos e sua morte foi causada por falência múltipla de órgãos. Como na época não havia videotape, as novelas eram apresentadas ao vivo - apenas um fotógrafo registrava as cenas, mas, nesse caso, por conta do escândalo, o profissional se recusou a registrar a cena, alegando que nenhuma revista compraria uma imagem como essa. Vida Alves, nos últimos anos, presidia o Museu da Televisão, que tem o objetivo de preservar a memória dos pioneiros, buscando e restaurando imagens antigas.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

19/01/2018
Presidente da EMC é vítima fatal da febre amarela em MG
O presidente da Empresa Mineira de Comunicação (EMC), Flávio Henrique Alves de Oliveira, de 49 anos, morreu às 7h30 de ontem, em Belo Horizonte. Músico, produtor...
19/01/2018
Curtas DC Mais 19/01
Prevenção no Inhotim A partir de terça-feira (23), visitantes devem apresentar o cartão de vacinação ao entrar no Instituto Inhotim (Rua B, 20,...
19/01/2018
Agenda Cultural 19/01
Férias Diversão - O projeto “Domingo Especial de Férias” pretende oferecer ao público momentos de lazer e arte a partir do universo da cultura...
18/01/2018
Presidente da Empresa Mineira de Comunicação, Flávio Henrique, morre vítima de febre amarela
O presidente da Empresa Mineira de Comunicação (EMC), Flávio Henrique Alves de Oliveira , de 49 anos, morreu às 7h30 de hoje (18) em Belo Horizonte. Músico,...
18/01/2018
MG tem 3,6 milhões de pessoas ainda não imunizadas contra a febre amarela
Diante da confirmação de 12 casos de febre amarela em Minas Gerais, no período de julho de 2017 até ontem, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.