Publicidade
21/11/2017
Login
Entrar

Finanças

13/09/2017

CVM altera normas sobre fatos relevantes

Reuters
Email
A-   A+
São Paulo - A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) editou a instrução 590, alterando as normas que tratam de divulgação e uso de informações sobre ato ou fato relevante, segundo publicação no Diário Oficial da União de ontem.

Entre os destaques, a autarquia determinou as regras para anúncios feitos durante o horário de negociação. Neste caso, o diretor de Relações com Investidores da companhia que necessitar divulgar ato ou fato relevante poderá solicitar suspensão da negociação “pelo tempo necessário à adequada disseminação da informação”, informa o texto.

Ainda conforme a CVM, o pedido sempre deverá ser feito simultaneamente às bolsas de valores e entidades do mercado de balcão organizado nacionais e estrangeiras em que os valores mobiliários de emissão da companhia sejam negociados.

A instrução, que entrou em vigor ontem, também determina que a CVM, a bolsa e a entidade do mercado de balcão organizado poderão, a qualquer momento, exigir do diretor de Relações com Investidores esclarecimentos sobre a divulgação de ato ou fato relevante.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

21/11/2017
IBC-Br atinge o maior nível desde 2015
Indicador do Banco Central avançou 0,40% em setembro e acumula uma alta de 0,43% neste ano
21/11/2017
Mercado europeu tem sessão de ganhos
São Paulo - As principais bolsas da Europa fecharam em alta ontem, mesmo com a instabilidade política observada na Alemanha após a chanceler Angela Merkel não...
21/11/2017
Cotação do bitcoin bate recorde e chega a US$ 8,263 mil
São Paulo - O bitcoin voltou a quebrar mais um recorde ontem e ultrapassou os US$ 8 mil, chegando à cotação máxima de US$ 8.263,01, de acordo com a CoinDesk,...
18/11/2017
Índice Bovespa volta a subir e fecha a semana em alta
Bolsa paulista valorizou 1,28% na sexta-feira
18/11/2017
Grupo vai discutir crédito para o varejo
São Paulo - O presidente do Banco Central (BC), Ilan Goldfajn, se comprometeu a montar um grupo de trabalho com o objetivo de buscar soluções ao alto custo de crédito...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.