Publicidade
26/04/2018
Login
Entrar

DMEP - Cegueira das Organizações

27/03/2018

De olho nos relacionamentos

Leonardo Magalhães*
Email
A-   A+
Os relacionamentos são tudo nos negócios. Empreendedores de sucesso muitas vezes agradecem aos seus parceiros - sua rede de apoiantes externos, que inclui investidores, mentores, clientes, fornecedores e até a comunidade local de políticos a líderes de associações. Eles são essenciais para seus negócios e os líderes de empreendimentos bem-sucedidos reconhecem isso.

A realidade complexa pode trazer várias interpretações e, na hora de se tomar qualquer decisão ou estabelecer um plano, é de extrema importância que a reconheça, mas ninguém consegue a perceber solitário, com seus vieses pessoais. Sua rede é que vai poder te trazer as nuances ainda não percebidas ou deixadas de lado pelo seu filtro mental.

Se você estudar os conselhos de corporações vai perceber que ali, excluindo aqueles momentos que são inseridos representantes conflituosos por problemas societários, busca-se formalizar esta troca de impressões e feedbacks durante a análise do ambiente e sustentar as decisões mais importantes ao negócio. Frequentemente estes conselhos são formados por pessoas capacitadas em áreas distintas, com diferentes visões da realidade, e capazes de absorver diferentes pontos de vista para uma síntese com menores incertezas e vieses.

Há alguns anos a edição do livro de conhecimentos do PMI - Instituto Internacional de Gerenciamento de Projetos, que busca reunir as bases teóricas fundamentais para gerenciar qualquer empreendimento, inseriu um capítulo novo somente para tratar dos stakeholders. Os especialistas frequentemente advertem em palestras e seminários a importância até mesmo dos relacionamentos pessoais daqueles indivíduos de maior valor para a empreitada.

Na votação para as olimpíadas que escolheu o Rio de Janeiro como sede dos jogos de 2016, os gerentes trouxeram Paulo Coelho para a exposição. O objetivo era que o escritor fosse um dos representantes da cidade, se relacionasse e sensibilizasse as esposas dos eleitores, depois que reconheceram ser ele a maior influência brasileira sobre quem mais influencia os donos dos votos.

Durante uma de nossas incursões por grandes corporações, nossa empresa teve a oportunidade de desenvolver um plano de negócio bastante inovador para um gigante siderúrgico e chamamos a atenção de seu CEO. Depois que saiu da frente dos negócios este empresário intraempreendedor nos procurou e, a partir daquele momento, temos contado um com o outro para turbinar os seus negócios. Sim, a rede de relacionamento funciona como uma rede de estradas de mão dupla. Parceiros de verdade não somente esperam ser ajudados, mas também auxiliar aqueles em que ele confia e acredita.

As parcerias oferecem oportunidades para o desenvolvimento de negócios, mas também fornecem feedback crítico. Você reconhece se está realmente construindo relacionamentos que levarão a oportunidades de negócios? Como você está envolvido em sua comunidade? Já tem uma rede de parceiros em que você pode contar para aprimorar sua visão de realidade e desenvolver a estratégia para os empreendimentos que está envolvido? Procure andar sobre a luz de seus parceiros e não se deixe cegar por convicções individuais.

*Sócio-gerente da DMEP

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

24/04/2018
Desvendando o BSC - parte final: Como organizar a empresa para finalmente conduzir o plano?
Nesta série já elucidamos a organização de objetivos estratégicos voltados para a geração de valor e estruturação de...
18/04/2018
O custo do não planejamento de oportunidades de mercado, produto e negócio
Desenvolver a oportunidade nova é uma jornada fascinante. É, ao mesmo tempo, prazerosa e arriscada. Quem já participou de um processo de desenvolvimento de produto, mercado ou...
10/04/2018
Análise de dados auxilia transformação de negócios de Educação
Já não é nenhuma novidade falarmos que a Educação precisa e está se transformando. É comum lermos ou nos depararmos com algum exemplo de...
03/04/2018
A minha empresa vende ou é comprada?
A questão apresentada no título desse ensaio talvez possa parecer não fazer muito sentido, porém existem diferenças importantes entre esses dois atos....
20/03/2018
Como vender a minha empresa? - Parte 6
Nas edições anteriores desta série de ensaios sobre “Como vender a minha empresa”, iniciada em julho de 2017, foram abordados passos importantes quando estamos...
› últimas notícias
Incertezas do Brasil e juros dos EUA levam o dólar a subir
Porto de Santos atinge nível recorde no movimento de cargas em março
Confiança do consumidor sobe só 0,3%
Caixa retoma 1.089 imóveis em Minas
Santander reduz juros anuais para 8,99%
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


26 de abril de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.