Publicidade

DC Turismo

30/12/2016

Demanda doméstica tem 16ª retração seguida

Email
A-   A+
Brasília - A demanda (em passageiros-quilômetros pagos transportados - RPK) por transporte aéreo doméstico de passageiros registrou queda de 2,1% em novembro de 2016, comparada com o mesmo mês de 2015, enquanto a oferta (em assentos-quilômetros oferecidos - ASK) registrou redução de 5,5% no mesmo período. Com os resultados do mês, a demanda doméstica apresentou o 16º mês consecutivo de retração, atingindo patamar inferior ao registrado em novembro de 2013. Já a oferta doméstica apresentou a 15ª baixa consecutiva do indicador. No acumulado do ano, a demanda doméstica registrou queda de 6%, mesma redução acumulada pela oferta doméstica para o igual período.

Entre as principais empresas aéreas brasileiras, a Avianca e a Gol apresentaram crescimento na demanda doméstica em novembro de 2016, quando comparada com o mesmo mês de 2015, da ordem de 15,9% e 0,7%, respectivamente. Azul e Latam registraram retração de 1,0% e 8,9%, respectivamente.

A Avianca foi a única empresa a aumentar a oferta doméstica (em termos de ASK) em novembro de 2016, com crescimento de 16,7%. Gol, Azul e Latam reduziram a oferta em 4,9%, 5,1% e 11,2%, respectivamente.

A taxa de aproveitamento das aeronaves em voos domésticos (RPK/ASK) em novembro de 2016 foi da ordem de 80,7%, o que representou aumento de 3,6% em relação ao mesmo mês de 2015. De janeiro a novembro de 2016, o aproveitamento doméstico foi de 79,9%, frente a 79,8% do mesmo período de 2015.

O número de passageiros pagos transportados no mercado doméstico em novembro de 2016 atingiu 7,2 milhões, caindo 5,4% em relação a novembro de 2015 e completando dezesseis meses consecutivos de retração. No período de janeiro a novembro de 2016, a quantidade de passageiros transportados acumulou redução de 8,0% em relação ao mesmo período do ano anterior.

A quantidade de carga paga transportada no mercado doméstico foi de 31,1 mil toneladas em novembro de 2016, o que representou aumento de 0,1% em relação a novembro de 2015. No acumulado do ano, a carga paga doméstica transportada acumulou redução de 6,7% em relação ao mesmo período de 2015, atingindo 292,9 mil toneladas.

Mercado internacional - Em novembro de 2016, a demanda (em RPK) do transporte aéreo internacional de passageiros das empresas aéreas brasileiras registrou aumento de 8,3%, em comparação ao mês de novembro de 2015, enquanto a oferta (em ASK) internacional apresentou crescimento de 1% no mesmo período.

Com o resultado obtido no mês de novembro, a demanda internacional alcançou o seu maior nível para o mês desde o início da série histórica em 2000. A oferta internacional registrou o primeiro aumento após oito meses consecutivos de retração. No acumulado de janeiro a novembro de 2016, a demanda internacional diminuiu 0,8% em relação ao mesmo período de 2015. A oferta internacional caiu 3,7% no período.

Azul e Latam registraram elevação na demanda por transporte aéreo internacional de passageiros em novembro de 2016, na comparação com o mesmo mês do ano anterior, da ordem de 40,9% e 8,1%, respectivamente. A Gol registrou baixa de 9,9%.

A taxa de aproveitamento dos assentos das aeronaves em voos internacionais de passageiros operados por empresas brasileiras (RPK/ASK) foi de 84,9% em novembro de 2016, contra 79,2% no mesmo mês de 2015, representando uma variação positiva de 7,2% e alcançando o seu maior nível para novembro desde o início da série em 2000. O indicador está em alta há seis meses consecutivos.

O número de passageiros pagos transportados por empresas brasileiras no mercado internacional em novembro de 2016 foi recorde para este mês desde o início da série histórica em 2000, tendo atingido 623,6 mil. Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, o indicador apresentou elevação de 8,8%. No período de janeiro a novembro de 2016, a quantidade de passageiros transportados acumulou aumento de 2,5% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

25/03/2017
Aumento da presença de turistas em Belo Horizonte durante o Carnaval foi de 240%
Maioria dos visitantes no período garante retorno a Belo Horizonte
25/03/2017
Coca-Cola abre visitação à Fábrica da Felicidade
Espaço disponibiliza passeio em que os visitantes vão conhecer a história da bebida e da indústria
25/03/2017
Long stay é nova tendência de mercado
Até pouco tempo atrás, morar em um quarto de hotel parecia coisa de celebridade ou sinal de excentricidade. A modalidade, batizada como long stay, entretanto, tem ficado cada dia mais...
18/03/2017
Brasiliense Nobile chega à Capital
Empreendimento vai passar por reformulação que demandará aporte de R$ 400 mil
18/03/2017
Quality Pampulha faz 3 anos
O Quality Hotel Pampulha, localizado na região de mesmo nome (avenida Presidente Antônio Carlos, 7.456), da rede Atlantica Hotels, completou neste mês de março 3 anos de...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.