19/08/2018
Login
Entrar

Economia

10/08/2018

Desempenho do Brasil piora avaliação da América Latina

AE
Email
A-   A+
Rio de Janeiro - O Indicador de Clima Econômico (ICE) da América Latina recuou de -5,2 pontos no trimestre encerrado em abril para -21,1 pontos no trimestre encerrado em julho, segundo levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre/FGV) em parceria com o instituto alemão Ifo. A satisfação com a situação atual (ISA) se manteve em queda, enquanto o índice de expectativas (IE) caiu de 24,7 pontos em abril para zero ponto em julho.

Houve melhora no clima econômico na Bolívia, Colômbia, Peru e México. Os que registraram piora foram Argentina e Uruguai, que passaram de um resultado positivo para negativo, e Chile e Paraguai, que pioraram a avaliação do clima econômico, mas permanecem na zona favorável. Equador e Brasil aprofundaram a queda do clima econômico.

No Brasil, o ICE passou de -11,4 pontos em abril para -45,9 pontos em julho. Há também uma menor satisfação com relação à situação atual, que atingiu -88,0 pontos.

Segundo a FGV, a proximidade das eleições presidenciais e a revisão para baixo nas projeções do crescimento DP Produto Interno Bruto influenciaram o mau desempenho.

No mundo, o ICE diminuiu de 16,5 pontos em abril para 2,9 pontos em julho, ainda na zona favorável. A avaliação da situação atual permaneceu positiva, mas o IE ficou negativo, alcançando o patamar mais baixo desde outubro de 2011. Houve piora em quase todos os países, apontou a FGV.

Nos Estados Unidos, o ICE recuou, mas ainda se mantém em zona favorável.
Na China, a piora do ICE foi mais intensa que nos Estados Unidos, passando de uma zona favorável para desfavorável. O possível acirramento da guerra comercial entre os Estados Unidos e a China é um dos principais fatores que explicam o pessimismo em relação ao cenário futuro do clima econômico mundial, ressaltou a FGV.

Entre os países que formam os Brics, apenas a Índia registrou avaliação favorável, embora o ICE tenha caído 28,5 pontos.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

18/08/2018
ABC da Construção planeja ganhar mercados
Associação com a ConstruBrasil pode gerar desenvolvimento de produtos, redução de custos e preços
18/08/2018
Empresa alerta para risco de desabastecimento de diesel
Rio de Janeiro - A Petrobras avalia que a nova fórmula proposta pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) para calcular o...
18/08/2018
Avanço do e-commerce não incomoda shoppings
Evento internacional reúne executivos e acionistas em São Paulo
18/08/2018
Cenário da economia é visto como ruim por 83,9% dos consumidores
São Paulo - O pessimismo dos consumidores sobre o momento da economia brasileira chegou no mês passado ao maior nível do ano, segundo sondagem feita pela...
18/08/2018
País tem vários fatores detendo produtividade, acredita secretário
Brasília - O secretário de Promoção da Produtividade e Advocacia da Concorrência do Ministério da Fazenda, João Manoel Pinho de Mello, avaliou na...
› últimas notícias
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


18 de agosto de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.