Publicidade

DC Inovação

23/12/2016

Dito prevê salto de 100% no faturamento

Startup oferece software que auxilia empresas a se comunicarem com seus clientes de forma segmentada
Thaíne Belissa
Email
A-   A+
Alcançar um novo cliente é uma ação importante para o varejista, mas fidelizá-lo é uma vitória para se comemorar, principalmente em tempos de crise. É a partir dessa lógica que a startup mineira Dito vem se destacando em todo o Brasil, oferecendo uma plataforma inovadora que ajuda as marcas a se comunicarem com seus clientes de forma segmentada, extraindo muito mais resultados deles. Em pleno ano de crise econômica, o faturamento da Dito vai crescer 100% em relação a 2015 e já se prepara para dobrar de tamanho mais uma vez em 2017.

Criada há oito anos, a Dito oferece um software que auxilia as empresas a se comunicarem com seus clientes de forma segmentada, multicanal e mensurável. A segmentação é a principal estratégia, segundo o fundador da startup, André Fonseca, que destaca a mudança do perfil do consumidor que não aceita mais uma enxurrada de propagandas sem sentido. De acordo com o empresário, a plataforma da Dito funciona a partir de uma inteligência que entende o comportamento de consumo dos clientes e usa essa informação para segmentar a publicidade certa para a pessoa certa.

“Colhemos informações sobre o tipo de consumo dos clientes a partir dos ambientes da marca, como e-commerce, aplicativo e loja física. Assim que entendemos onde esse cliente mora, o que ele compra e o que lhe interessa podemos oferecer algo parecido com o que já comprou, um desconto próximo ao seu aniversário, uma sugestão de uma peça de uma nova coleção de roupas ou comunicá-lo que uma nova unidade da marca vai abrir perto da sua casa”, exemplifica.

Fonseca destaca que essa forma de se comunicar com os clientes é muito mais certeira, pois trata-se de uma informação relevante para ele. O empresário explica que o software ajuda na retenção e fidelização de clientes e extrai muito mais resultados daquele consumidor que faz sua primeira compra na marca. Além da comunicação segmentada, a plataforma da Dito permite que a marca se apresente em diferentes canais, como redes sociais, aplicativos e e-mail. Outro benefício da tecnologia é a possibilidade de mensuração de resultados.

Atualmente, a Dito atende cerca de 70 clientes no Brasil, sendo a maioria empresas do setor varejista. Entre as principais marcas que utilizam a plataforma estão Chili Beans, MRV, Drogaria Araujo, Hering e TIM. Apesar de não abrir números reais, o empresário afirma que a equipe da startup teve um crescimento de 50% este ano e o faturamento cresceu 100% em 2016 em relação a 2015. Ele acredita que o período de crise ajudou nesse resultado, já que as empresas estão buscando novas formas de manter as vendas. Para 2017, as perspectivas também são positivas: dobrar o faturamento mais uma vez.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

20/01/2017
Bossa Nova Investimentos vai investir R$ 15 milhões em startups
O mercado mineiro de startups que desenvolvem softwares e soluções para internet está na mira da Bossa Nova Investimentos, empresa paulista de investimento semente que acaba de...
20/01/2017
Base de clientes da Zetra saltou 70%
Entre 2015 e 2016, faturamento avançou 15%; para este ano, meta é voltar a crescer 15% sobre 2016
20/01/2017
Empresas apoiadas pelo Sebrae se desenvolvem no Vale do Mucuri
O Vale do Mucuri é conhecido, muitas vezes, por sua característica árida e suas mazelas sociais. Composta por 23 municípios, a região está mudando essa...
13/01/2017
Gama Academy vai abrir unidade em BH
Escola de formação de profissionais funcionará no prédio do Seed e pretende formar até 500 alunos neste ano
13/01/2017
Startups se aproximam da bolsa de valores
Alvo principalmente de investidores-anjos e aceleradoras que estão dispostos a investir capital de risco, as startups brasileiras ganham, a partir deste ano, novas perspectivas de aporte com...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.