Publicidade
16/01/2018
Login
Entrar

Finanças

18/04/2017

Dívida deve chegar a 76,9% do PIB

Email
A-   A+
Brasília - A dívida bruta do governo central vai continuar subindo nos próximos dois anos, chegando a 76,9% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2018 e a 77,9% em 2019 e, depois, apresentará uma leve queda, atingindo 77,7% do PIB em 2020. A estimativa foi feita pela equipe econômica do governo de Michel Temer e consta do Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2018 (LDO 2018), entregue oficialmente ontem pelo governo ao Congresso Nacional....

Exclusivo para assinantes.


Para ler esta e outras matérias, cadastre-se gratuitamente ou assine.

Ler 5 matérias por mês

     

Receber nossas newsletters



Assinar
Cadastrar

Ou faça login

Leia também

16/01/2018
Indicadores econômicos impulsionam o Ibovespa
São Paulo - Sem o norte dado pelos mercados acionários de Wall Street, em razão do feriado de Martin Luther King, o Ibovespa navegou ao sabor das perspectivas mais...
16/01/2018
Inflação deve ficar em 3,95%
Brasília - A inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA) do ano de 2018 deve ficar em 3,95%. A projeção é de...
16/01/2018
Indicador da Serasa aponta crescimento na economia
São Paulo - O indicador de atividade econômica da Serasa Experian, calculado mensalmente, registrou crescimento de 2,1% em novembro ante igual mês do ano anterior, mostra...
16/01/2018
"Prévia do PIB" tem alta de 0,49%
IBC-Br ganhou força em novembro do ano passado, de acordo com o Banco Central
13/01/2018
Corte do rating surte pouco efeito na bolsa
Índice Bovespa registrou leve recuo de 0,02% um dia após a S&P Global rebaixar a nota do Brasil
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.