Publicidade
21/02/2018
Login
Entrar

DC Franquia

15/11/2017

Emagrecentro já soma oito clínicas em Minas Gerais

Daniela Maciel
Email
A-   A+
Há 31 anos no mercado, a rede de franquias de estética Emagrecentro surgia na periferia de São Bernardo do Campo (SP). Hoje, está espalhada pelo território nacional com mais de 100 unidades. Delas, oito estão em Minas Gerais. A meta, segundo o CEO e fundador da rede, Edson Ramuth, é crescer 25% em número de unidades em 2018 e fazer com que o faturamento dobre em cada clínica.

Apesar dos percalços econômicos vividos pelo País nos últimos três anos, o empresário e médico fez da crise uma grande oportunidade de crescimento. Em 2017, até outubro, o número de unidades cresceu 40% na comparação com o ano anterior.

Os números apresentados são ainda melhores do que aconteceu com a média do setor entre 2016 e 2017. No segmento Saúde, Beleza e Bem-Estar, de acordo com levantamento realizado pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), o faturamento saiu de R$ 12,37 bilhões no primeiro semestre de 2016, para R$ 14,07 bilhões no mesmo período de 2017, totalizando crescimento de 14% e crescimento de 2% no número de unidades.

“A crise nos impôs novos caminhos. Enquanto o Brasil recuava, nós seguimos crescendo. Mais da metade da população está acima do peso e precisa de tratamento. O que precisávamos era aparecer mais para o mercado, apostando em divulgação e em novos tratamentos. Estamos há três décadas no mercado, então temos uma qualidade comprovada. Era hora de mostrar isso”, explica Ramuth.

O investimento médio para a abertura de uma unidade fica em R$ 59,5 mil para cidades acima de 70 mil habitantes. Não é cobrada taxa de franquia. A preferência é por pontos de rua - lojas com 100 metros quadrados - o que ajuda a baratear os custos com aluguel em relação aos shopping centers.

O público da Emagrecentro é formado em 90% por mulheres que gastam, em média, R$ 1,2 mil. O valor pode ser dividido em até 10 vezes. “Esse é outro ponto importante. Ao dividirmos o pagamento permitimos que a cliente faça o tratamento completo, sem interrupções e conheça outros serviços da Emagrecentro. Assim criamos uma relação de confiança e fidelidade”, afirma.

Os planos de internacionalização ainda não tiveram os resultados esperados pela rede. A experiência na Colômbia no início da década não teve êxito e a unidade foi fechada.

A ideia, porém, não foi abandonada e o foco agora nos Estados Unidos. “Estamos estudando o mercado norte-americano e o nosso objetivo é abrir a primeira unidade em Miami, onde existe uma grande comunidade brasileira e latina. A medicina estética brasileira é muito bem-vista no exterior e existe uma boa perspectiva quanto à internacionalização”, completa o empresário.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

07/02/2018
Meta da Buddys é chegar a 50 escolas
30 delas devem ser inauguradas ainda no primeiro semestre, as demais até dezembro
07/02/2018
Cheirin Bão vai valorizar pequenos produtores
Cafés tão distintos e de edição limitada que valem a pena esperar por eles e conhecer a sua história são a nova aposta de franquia de café especial...
07/02/2018
I Wanna Sleep dobrou de tamanho após virar franquia
Pioneira em um novo nicho de mercado baseado no conceito de sono e relaxamento, a I Wanna Sleep oferece produtos e consultorias com o objetivo de ajudar os clientes a dormirem melhor por meio de...
07/02/2018
Nhô Sorvetes planeja mais 15 lojas para MG
Um país em que é verão praticamente o ano inteiro, as sorveterias se esmeram em oferecer novidades para consumidores cada vez mais exigentes. Em busca de uma receita ideal, a...
19/01/2018
Mineira Chiquinho Sorvetes inicia operações nos EUA
Empresa abriu três lojas, em Tampa, Miami e Sarasota
› últimas notícias
Alienação fiduciária será analisada pelo STF
Formação Bruta de Capital Fixo recua 2% em 2017, segundo o Ipea
Desistência em aprovar reforma da Previdência é fator negativo para nota
Produção de ouro da AngloGold cresce 4%
Plano Rota 2030 será anunciado neste mês
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Electric Ink investe R$ 12 mi em Uberaba
Coco Bambu vai desembarcar na Capital e Uberlândia
Mudanças legislativas geram divergências
Governo adia votação de reforma
Foliões movimentaram R$ 641 milhões na Capital
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


21 de fevereiro de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.