Publicidade
26/07/2017
Login
Entrar

Internacional

17/02/2017

Embaixadora desdiz Trump sobre Palestina

Representante do país na ONU afirma que governo norte-americano apoia solução dos dois Estados
Email
A-   A+
Conflito no Oriente Médio deixa palestinos atacados por israelenses sem suas casas/Shelterbox/Divulgação
Brasília - Contrariando o presidente Donald Trump, a embaixadora dos Estados Unidos nas Nações Unidas, Nikki Haley, afirmou ontem que a Casa Branca “apoia a solução dos dois Estados” no Oriente Médio.

Um dia antes, o presidente republicano havia promovido uma mudança histórica no posicionamento dos EUA e dito - durante a visita do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, a Washington - que a paz na região não passa necessariamente pela criação de um Estado palestino, ideia que vigorava havia mais de 20 anos na Casa Branca.

“O governo suporta a solução dos dois Estados, mas precisamos de ideias frescas. A solução virá de israelenses e palestinos”, declarou Haley em uma coletiva de imprensa na sede da ONU, em Nova York.

A postura vai de encontro às frases de Trump no dia anterior. “Estou olhando para as soluções de um Estado e dois Estados e gosto daquela que as duas partes gostarem”, afirmou o presidente.

Ontem, palestinos alertaram o republicano que o abandono da política dos dois Estados pode “destruir as chances de paz” no Oriente Médio.

As autoridades palestinas alertaram ontem os Estados Unidos e o presidente Donald Trump sobre os riscos de abandonar a política dos dois Estados, questão-chave nos conflitos entre israelenses e palestinos.

“Se a administração de Trump rejeitar essa política, isso iria destruir as chances de paz [na região] e ameaçar os interesses norte-americanos, sua posição e sua credibilidade no exterior”, disse Hana Ashrawi, um dos membros da Organização para a Libertação da Palestina (OLP).

Na quarta-feira (15), Trump mostrou uma mudança histórica no posicionamento dos Estados Unidos em relação à política. Durante a visita do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, à Casa Branca, os dois líderes conversaram sobre a relação entre os dois países, a situação de crise do Oriente Médio e a nomeação do embaixador norte-americano na nação judaica.

Leia também
Presidente não desiste de veto migratório


Única solução - Na coletiva de imprensa, Trump deu a entender que a criação de um Estado palestino não precisa ser a única solução para a crise da região, posição contrária à dos últimos presidentes norte-americanos.

“Estou olhando para as soluções de um Estado e dois Estados, e eu gosto da que as duas partes gostarem. Se Israel e os palestinos estiverem felizes, eu estarei feliz com a qual eles mais gostarem”, afirmou o mandatário.

No encontro, o presidente norte-americano afirmou também que “os Estados Unidos vão encorajar a paz e, de verdade, um ótimo acordo de paz”. “Nós estaremos trabalhando nisso [de uma maneira] muito, muito diligente”, apontou Trump.

Além disso, a Comissão de Relações Exteriores do Senado norte-americano realizaria ontem uma “dura” audiência ao homem indicado por Trump para assumir o cargo de Embaixador dos EUA em Israel, David Friedman, ex-advogado pessoal do presidente, que apoia abertamente os assentamentos israelenses em territórios palestinos.

Na última quarta-feira (15), cinco ex-embaixadores do país escreveram uma carta na qual diziam que o pretendente não é qualificado para a posição por suas “posições extremas” e “radicais”. (ABr)

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

26/07/2017
Inflação baixa pode adiar nova elevação dos juros pelo Fed
Comitê está reunido, mas deve manter taxas
26/07/2017
Previsão de crescimento da Argentina sobe a 2,4%
Washington - O Fundo Monetário Internacional (FMI) elevou ontem as previsões de crescimento da Argentina de 2,2% para 2,4% para este ano em relação ao estimado...
26/07/2017
Boing prevê 2 milhões de novas vagas no setor até 2036
Washington - A Boeing prevê a necessidade de mais de 2 milhões de novos pilotos, técnicos e auxiliares de voo até 2036, de acordo com um relatório publicado...
26/07/2017
Trump chama UE de protecionista
Washington - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, elogiou ontem o trabalho em andamento para a assinatura de um acordo comercial entre EUA e Reino Unido após a...
25/07/2017
China e zona do euro devem crescer mais que o previsto
Previsão é que tigre asiático avance 6,7% e bloco europeu, 3,6%
› últimas notícias
MRV planeja atingir marca de 500 mil unidades em 10 anos
Cemig se esforça para impedir leilão de suas usinas
AGU rebate argumentos de juiz do DF
TCU adverte Dyogo Oliveira sobre meta fiscal
Temer não considera a possibilidade de mexer no déficit deste ano
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:

Cadastrar
› Mais Lidas
Mineração: Setor ganha hoje novo marco regulatório
Drogarias e cosméticos têm expansão em BH
Festival apresentará iguarias de sete regiões do Estado
Precon recebe certificação inédita no País
MRV planeja atingir marca de 500 mil unidades em 10 anos
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› DC RH
Reforma 'é benéfica', avaliam especialistas
'Jornada intermitente é polêmica'
10 mudanças importantes para o mercado
Gestão de carreira: Cuidar da imagem pessoal abre oportunidades
TI e RH: entenda os benefícios dessa união
Leia todas as notícias ›
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


26 de July de 2017
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.