25/06/2018
Login
Entrar

DC Mais

10/03/2018

Estudante é suspenso de faculdade por chamar aluno negro de escravo

Email
A-   A+
A Faculdade Getúlio Vargas (FGV) suspendeu um aluno por três meses por ter chamado um estudante negro da instituição de escravo. Segundo o Diretório Acadêmico, a vítima registrou boletim de ocorrência por injúria racial, após tomar conhecimento da ofensa.
O acusado teria compartilhado uma foto da vítima em um grupo de WhatsApp e dito: “Achei esse escravo no fumódromo! Quem for o dono avisa!”.

Em nota, a instituição afirmou que “ante a possível conotação racista da ofensa, firme em sua postura de repúdio a toda forma de discriminação e preconceito”, de imediato aplicou “severa punição”, conforme prevê o Código de Ética e Disciplina. Segundo a nota, o aluno ficará suspenso das atividades curriculares por três meses, estando impedido de frequentar a escola, sem ressalva da adoção de medidas complementares, a partir da apuração dos fatos pelas autoridades competentes.

Repúdio - O Coletivo Negro 20 de Novembro da FGV publicou uma nota de repúdio em sua página em que afirma não aceitar esse tipo de atitude. «São atitudes como essas que tentam tirar os negros e negras da Getúlio Vargas [...] iremos continuar de pé. Vamos continuar incomodando. Vamos continuar no fumódromo, no Diretório Acadêmico e seja lá onde quisermos estar. Soltos, livres e, se alguém perguntar, sem donos”, aponta o documento do Coletivo.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

23/06/2018
Papa Francisco mudará Vaticano a curto prazo, em busca de novas ideias
Cidade do Vaticano - O papa Francisco fará diversas mudanças significativas no Vaticano nas próximas semanas e meses para trazer pessoas com novas ideias e promover outras,...
23/06/2018
Curtas DC Mais 23/06
Unidade de Minas O Movimento Cívico pela Unidade de Minas, cujo lema é “Dividir Minas é Cortar um Pedaço da nossa História”, realiza no...
23/06/2018
Agenda Cultural 23/06
b Peça - “Talvez eu me Despeça”, espetáculo com direção de Ludmilla Ramalho, tem como fio condutor a ausência da atriz Cecília...
22/06/2018
Caminhar pela cidade nos revigora o corpo e a mente
Faço minha caminhada matinal, com alguma frequência, ao longo da avenida Prudente de Moraes. O trajeto é plano, as lojas são bem cuidadas e exibem produtos interessantes....
22/06/2018
Curtas DC Mais 22/06
Transporte escolar O Ministério da Educação (MEC) quer saber o que gestores municipais, diretores e coordenadores de escolas do País acham do transporte escolar...
› últimas notícias
Torcida não aquece as vendas no hipercentro
Prestadoras de serviços terrestres cogitam dispensa de pessoal com reoneração
Liminar contrária não abala Mendes Júnior
Primeiro leilão da Aneel prevê R$ 6 bi
BR Distribuidora aguarda decisão do TRT para mensurar os impactos
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


23 de junho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.