Publicidade
17/08/2017
Login
Entrar

FAPEMIG - Ciência e Inovação em Minas

10/09/2016

Estudantes desenvolvem sistema de segurança para bicicletas

Assessoria de Comunicação da Fapemig
Email
A-   A+
Cada vez mais comum nos grandes centros, as bicicletas são um veículo de transporte caracterizado pelo baixo custo de manutenção e por possibilitarem boa prática esportiva. Com o crescimento do uso das bikes, alunos da Escola Estadual João Rodrigues da Silva, em Prudente de Morais, vêm desenvolvendo um projeto que visa à segurança e ao bem-estar dos ciclistas.

Com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), o projeto Nossa Bike vem sendo desenvolvido a aproximadamente um ano. Ele faz parte do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação Científica Júnior (BIC-Jr), que tem o objetivo de despertar em estudantes do Ensino Fundamental, Médio e de Educação Profissional da Rede Pública a vocação científica para a pesquisa, concedendo bolsas para participarem de projetos/atividades de pesquisa ou de extensão científica, tecnológica ou de inovação.

Criado por alunos de 17 anos, o projeto implantou diferentes sensores em bicicletas, como, por exemplo, os sensores de impacto, que enviam um comunicado aos cadastros previamente definidos em seu sistema, avisando de um eventual acidente a equipes de resgate, familiares, entre outros. Também faz parte do projeto os coletes iluminados por leds que é acionado ao pedalar e que transforma a energia cinética do movimento do ciclista em energia elétrica. Essa energia é responsável pelo acendimento dos leds do colete. Além disso, também vem sendo desenvolvida uma trava antifurto, para que o cidadão tenha mais segurança ao deixar a bicicleta parada em determinados locais.

Inicialmente desenvolvida para participar da XVI UFMG Jovem, a pesquisa também foi destaque de eventos internacionais na Rússia e Portugal, além da Feira Brasileira de Ciência e Engenharia da Universidade de São Paulo (Febrace-USP). Agora, os pesquisadores se preparam para apresentar o projeto na Costa Rica, em outubro.

A aluna Gabriela Santana, membro da equipe de desenvolvimento do projeto, lembra que a ideia era criar soluções para a proteção dos alunos que utilizam bicicletas no trajeto casa/escola, escola/casa: “Fizemos um estudo junto aos alunos que vão de bicicleta para a escola. Nele, constatamos que existia um número considerável de alunos que já haviam sofrido algum tipo de acidente e que estes acidentes, em sua maioria, aconteciam no horário da noite”, afirma.

O coordenador do projeto, professor Giezi Américo, da Escola Estadual João Rodrigues da Silva, destaca os benefícios de projetos como este para os alunos das escolas estaduais: “Esse tipo de projeto desperta o interesse dos alunos pelo aprofundamento dos estudos, aguça a curiosidade dos alunos por outras áreas que possibilitem a complementação dos conhecimentos e ainda nos dirige ao empreendedorismo”, disse.

Américo ainda ressalta que o êxito do Nossa Bike despertou o interesse de outros alunos em participarem de novos projetos: “Este projeto chamou a atenção de outros alunos em desenvolverem novos projetos, os professores se comprometeram a trabalhar com projetos, tanto que hoje já realizamos nossa 1ª Mostra Científica no nível da UFMG. Sendo assim, nos credenciamos para participar da Mostra UFMG Jovem e Febrace”, afirma.

O objetivo agora é encontrar parceiros para apoiar o projeto de modo a disponibilizar os equipamentos para comercialização.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

23/11/2016
Inatel oferece workshop sobre tecnologia 5G na Fapemig
O padrão da nova geração da comunicação móvel vai ser definido em 2020, mas instituições de pesquisa e empresas do mundo todo já...
03/11/2016
Pesquisa contribui para a melhoria do plantio de café em Minas Gerais
Responsável pelo cultivo de aproximadamente 50% do café tipo exportação, Minas Gerais é o maior produtor do fruto no Brasil. Pensando em melhorar a qualidade da...
14/09/2016
Fórum debate novos rumos para a mineração
Com o objetivo de encontrar novas saídas para a mineração, de modo a transformá-la em uma atividade mais sustentável, a Fundação de Amparo à...
24/08/2016
Peixe-zebra torna-se modelo de pesquisa científica
O peixe-zebra, também chamado zebrafish ou peixe paulistinha, tem se tornado uma espécie aliada da ciência nas pesquisas da área biomédica, nos estudos...
17/08/2016
Pesquisa mostra relação entre mães encarceradas e seus filhos
Inaugurada em 2009, na cidade de Vespasiano, Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), o Centro de Referência à Gestante Privada de Liberdade (CRGPL) é uma...
› últimas notícias
ENTREVISTA | MARCUS VINÍCIUS POLIGNANO
Rio das Velhas atinge nível crítico de vazão
Projeção para salário mínimo em 2018 é reduzida
Setor de serviços em Minas registrou queda de 3% no semestre
Cemig pode fechar acordo com a União
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:

Cadastrar
› Mais Lidas
Receita da Pif Paf deve ir a R$ 4 bilhões
Roubo de cargas onera toda a sociedade
Magnesita Refratários reporta prejuízo líquido de US$ 41,4 milhões
Vale passa a ter o controle indefinido e afasta o fantasma de interferência governamental
Estado busca alavancar indústria criativa
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


17 de August de 2017
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.