21/06/2018
Login
Entrar

Internacional

10/03/2018

EUA tem maior avanço em um ano e meio

Reuters
Email
A-   A+
Washington  - A criação de vagas de trabalho nos Estados Unidos (EUA) saltou em fevereiro, registrando o maior aumento em mais de um ano e meio, mas uma desaceleração nos ganhos salariais apontou para uma alta gradual da inflação este ano.

A criação de vagas fora do setor agrícola chegou a 313 mil postos de trabalho no mês passado, impulsionada pelo maior avanço no setor de construção desde 2007, disse o Departamento do Trabalho, na sexta-feira (09).

O resultado foi o maior desde julho de 2016 e ficou bem acima dos aproximadamente 100 mil empregos por mês que a economia precisa criar para acompanhar o crescimento da população em idade para trabalhar.

A renda média por hora aumentou 0,1%, para 26,75 dólares em fevereiro, uma desaceleração da alta de 0,3% em janeiro. Isso diminuiu o aumento na base anual para 2,6%, ante 2,8% em janeiro.

Desemprego - A taxa de desemprego permaneceu na mínima de 17 anos, de 4,1% em fevereiro, uma vez que mais pessoas entraram na força de trabalho, em um sinal de confiança no mercado. A semana de trabalho média se recuperou para 34,5 horas, depois de cair para 34,4 horas em janeiro.

Com as autoridades do Federal Reserve considerando que o mercado de trabalho está próximo ou um pouco além do pleno emprego, a moderação no crescimento dos salários, no mês passado, provavelmente fará pouco para mudar as expectativas de que o banco central dos EUA aumentará as taxas de juros, em sua reunião de 20 e 21 de março.

O crescimento lento dos salários, no entanto, poderia atenuar as expectativas de que o Fed mudará sua projeção para os juros para uma quarta alta neste ano, de três. Existe otimismo de que o aperto das condições do mercado de trabalho estimulará um crescimento salarial mais rápido este ano e levará a inflação para a meta de 2% do banco central.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

21/06/2018
UE inicia cobrança a produtos dos EUA amanhã
Taxa de importação será de 25%
21/06/2018
Trump desiste de política de imigração
Washington - O presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, desistiu ontem de uma política de imigração que gerou críticas no país e no exterior,...
21/06/2018
Diretoria do FMI aprova empréstimo à Argentina de US$ 50 bilhões
São Paulo - A diretoria executiva do Fundo Monetário Internacional (FMI) aprovou ontem, pelo prazo de três anos, um empréstimo de US$ 50 bilhões à...
20/06/2018
Áudio com crianças aumenta polêmica de política de imigração
Separação de famílias tem causado comoção no país
20/06/2018
Merkel e Macron entram em acordo por orçamento para investimentos no bloco
Berlim - A chanceler alemã, Angela Merkel, e o presidente francês, Emmanuel Macron, concordaram ontem em criar um orçamento da zona do euro voltado para estímulo a...
› últimas notícias
Conselho da Vale aumenta cautela após desastre da Samarco, em Mariana
Confiança do empresário recua 6,7 pontos
Pesquisa aponta que 92% das empresas do País esperam mais receita e patrimônio até 2020
Presidente Temer afirma que Brasil abriu mais 33 mil vagas formais de emprego em maio
Belgo-Mineira Bekaert investirá R$ 107 mi em planta de Itaúna
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


21 de junho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.