19/08/2018
Login
Entrar

Agronegócio

08/08/2018

Exportações do Brasil podem ser reduzidas para 20 mi de toneladas, diz consultor

Reuters
Email
A-   A+
Para a Conab, previsão é de embarque de 30 mi de t, ficando o País com estoque de 10 mi de t/Cleverson Blue/Feap
São Paulo - As exportações de milho do Brasil em 2018 podem totalizar apenas 20 milhões de toneladas, abaixo do esperado atualmente pelo mercado, com o País administrando uma safra menor neste ano, informou ontem o diretor-executivo da Louis Dreyfus Company (LDC) no Brasil, Luis Barbieri.

Uma exportação de 20 milhões de toneladas em 2018 representaria uma queda drástica na comparação com as cerca de 30 milhões de toneladas de 2017, quando o Brasil colheu uma safra recorde. “Se exportar 27 milhões de toneladas, podemos acabar sem estoques. A exportação pode ser próxima de 20 milhões”, afirmou o executivo de Oleaginosas da LDC.

Contudo, pelos dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o Brasil terá estoques ao final de 2018 de mais de 10 milhões de toneladas, ainda que exporte 30 milhões de toneladas. Os números oficiais se assemelham ao de consultorias do setor.
Analistas e entidades, que vêm reduzindo suas projeções para os embarques do País em 2018, ainda apostam em um volume mais próximo do previsto pela Conab.

Recentemente, a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec), integrada pela Dreyfys e outras tradings do setor, cortou sua estimativa para 27 milhões de toneladas, de 30 milhões anteriormente.

O Brasil é o segundo maior exportador global de milho, atrás apenas dos Estados Unidos, mas deve registrar uma safra 2017/18 de cerca de 83 milhões de toneladas, ou aproximadamente 15 milhões de toneladas menor ante o recorde de 2016/17, em meio à redução de área plantada e à seca nos últimos meses, segundo dados da Conab.

Barbieri, no entanto, avalia que as exportações brasileiras de milho tendem a ficar abaixo dos números projetados atualmente. “O tanto que vai exportar vai depender do rimo de venda do produtor”, afirmou durante apresentação em evento promovido por Datagro e XP em São Paulo.

A LDC integra o chamado ABCD de gigantes tradings com forte atuação no comércio global de grãos, ao lado de Archer Daniels Midland (ADM), Bunge e Cargill.

Frete - O executivo criticou ainda o tabelamento de fretes, instituído pelo governo após os protestos de caminhoneiros e que, desde então, tem sido motivo de críticas por parte do setor produtivo.

“Hoje é impossível precificar a próxima safra, porque tem a questão dos fretes e tem a guerra comercial”, acrescentou ele, referindo-se à escalada de tensões entre EUA e China. Barbieri ainda disse que a infraestrutura portuária no Brasil, que representou um entrave às exportações brasileiras no passado, não é mais um problema.

Após uma expansão nos últimos anos, o País tem hoje capacidade para embarcar 221 milhões de toneladas de granéis sólido (basicamente soja, milho e açúcar), mas deve exportar pouco mais de 150 milhões em 2018, afirmou o executivo da LDC. “Na questão portuária, já passamos o gargalo”, avalia.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

18/08/2018
Melhoramento genético reúne produtores
ExpoGenética será realizada em Uberaba, entre 18 e 26 de agosto, com foco em qualidade e produtividade
18/08/2018
Blairo Maggi pede responsabilidade aos empresários
Representantes de 28 entidades do agronegócio reuniram-se na última quinta-feira (16), para avaliação do programa de desburocratização do Ministério...
18/08/2018
Exportações somam US$ 3,5 bi, alta de 8,3%
Brasília - Com certificado de sanidade e produzida com sustentabilidade, a carne bovina brasileira entrou em mais de 135 países, em 2017, totalizando 1,5 milhão de toneladas...
17/08/2018
VBP deve ter ligeiro recuo em Minas
Previsão para o ano é de R$ 57,6 bilhões, retração de 0,33% frente ao registrado em 2017
17/08/2018
ADM fecha acordo de compra de unidades da Algar Agro
São Paulo - A norte-americana Archer Daniels Midland (ADM) anunciou ontem que fechou um acordo para compra de unidades processadoras de soja da brasileira Algar Agro, braço...
› últimas notícias
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


18 de agosto de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.