Publicidade
22/09/2017
Login
Entrar

Agronegócio

12/09/2017

Exportações neste ano estão 9,2% abaixo das registradas em igual período de 2016

Reuters
Email
A-   A+
São Paulo - O Brasil exportou 2,11 milhões de sacas de 60 quilos de café verde em agosto, queda de 21,4 % ante o mesmo período do ano passado, informou ontem o Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé).

Apesar da queda na comparação anual, os volumes têm mostrado sinais de recuperação após desempenhos mensais fracos mais cedo neste ano. Os embarques de agosto ficaram cerca de 500 mil sacas acima dos registrados em julho, que atingiram os menores níveis da história recente, segundo o Cecafé.

O Brasil praticamente já concluiu a colheita de uma safra de café menor neste ano --período negativo no ciclo bianual de produção da commodity. Mas produtores têm segurado as vendas da safra até o momento, à espera de preços melhores.

Operadores disseram que as entregas de café por produtores foram mais lentas na maior parte do primeiro semestre. Problemas de qualidade também afetaram a safra, com uma grande infestação da broca reduzindo os volumes de grãos com qualidade para exportação.

“Agosto já traz para o setor uma perspectiva melhor, ainda que tímida, com dados mostrando sinais de recuperação... A expectativa é que, em setembro, o volume de exportação siga com disposição a crescer em torno de 20%”, disse em nota o presidente do Cecafé, Nelson Carvalhaes.

As exportações acumuladas em 2017 ainda estão 9,2% abaixo das registradas no mesmo período do ano passado, disse a associação.

As exportações de café robusta seguiram marginais, apesar de uma safra muito melhor neste ano. O Brasil embarcou apenas 27,347 mil sacas em agosto, 31% abaixo do verificado no mesmo mês de 2016.

Os embarques de arábica somaram 2,092 milhões de sacas em agosto, queda de 21,2% na comparação anual.

Os Estados Unidos foram o maior comprador das exportações brasileiras de café no ano, tendo recebido 19,8 % dos embarques. A Alemanha ficou em segundo lugar, com 17,1%.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

22/09/2017
CCPR assume 100% de participação na Itambé
Cooperativa adquire 50% da Vigor
22/09/2017
Produção de café em Minas recua 20,7%, indica a Conab
A retração acontece em função da queda de produtividade e, em menor parcela, da redução de área
22/09/2017
No Brasil, produção de café pode registrar retração de 1,7%
Brasília - Com 95% da safra colhida, a produção brasileira de café pode chegar a 44,77 milhões de sacas de 60 kg. O grão é cultivado em uma...
21/09/2017
Campolina deve gerar R$ 5 milhões em negócios
Exposição nacional, que será realizada na Capital entre 9 e 14 de outubro, deve reunir cerca de 700 cavalos
21/09/2017
Seda apoia projetos para fomentar produção de pequi em Minas Gerais
O governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário (Seda) e do Conselho Diretor Pró-Pequi, prorrogou o prazo do edital de incentivo à...
› últimas notícias
Editorial
"A Costa dos Murmúrios", da portuguesa Lídia Jorge
CCPR assume 100% de participação na Itambé
Temer recebeu propina, afirma Funaro
Banco Central reduz as projeções para a inflação deste ano
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:

Cadastrar
› Mais Lidas
Usiminas reajustará preços em 10,2%
Setor de mineração deve mudar o foco dos investimentos
Fiemg apresenta plano para o Alto Paranaíba
BR Food cogita reduzir produção em fábricas de Uberlândia
Crise econômica impacta o financiamento estudantil
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


22 de September de 2017
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.