Publicidade
24 de May de 2017
Login
Entrar

FAEMG

16/12/2016

Exportações renderam US$ 5,7 bilhões, queda de 1,7%

Redação
Email
A-   A+
Exportações - Nos primeiros dez meses de 2016, as exportações do agronegócio mineiro renderam US$ 5,7 bilhões, 1,7% a menos que em 2015. Já o volume embarcado, de 7,8 milhões de toneladas, cresceu 16,7%. O agronegócio foi responsável por 34% das exportações totais do Estado.

A cafeicultura vendeu 17,4 milhões de sacas (+5,3%), somando US$ 2,7 bilhões. O resultado confirma a commodity como o principal produto da pauta de exportações do agronegócio mineiro.

No complexo sucroalcooleiro, o faturamento total foi de US$ 970,4 milhões (+50,7%), correspondente à venda de 2,7 milhões de toneladas (+38,9%). Com esse resultado, o setor passou a ocupar a segunda posição no ranking das exportações do agronegócio mineiro. O açúcar foi o responsável pelo bom desempenho. O Estado exportou 2,69 milhões de toneladas, alta de 40,8%, gerando US$ 940,5 milhões, incremento de  53,6%.

Já o complexo soja foi responsável por 14,8% das vendas do agronegócio mineiro, ocupando o terceiro lugar nas exportações. Gerou US$ 897,1 milhões, aumento de 5,3%, com o embarque de 2,4 milhões de toneladas, alta de 13,2%.

O conjunto das carnes totalizou US$ 641,4 milhões, representando um recuo de 1,9%. Apenas a comercialização de carne bovina registrou queda em relação ao ano passado, com faturamento de US$ 292,8 milhões (-11,1%). Os demais tipos de carnes tiveram bom desempenho. No setor de frango foram apurados US$ 258,6 milhões, com incremento de 2,9%. No de peru, US$ 42,4 milhões, alta de 17,6%, enquanto a carne suína apurou US$ 33 milhões, crescimento de 48,3%.

Os países que mais compraram produtos mineiros foram a China (US$ 997,9 milhões), Estados Unidos (US$ 668,9 milhões), Alemanha (US$ 596,6 milhões) e Itália (US$ 342,4 milhões).

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

16/12/2016
ENTREVISTA | Gestão, inovação e qualidade garantem estabilidade em momentos de crise
Roberto Simões, o presidente da Faemg
16/12/2016
Elevação de custos comprometeu lucratividade
Agronegócio mineiro cresceu 5,18% até agosto, mas sinaliza cautela
16/12/2016
Conhecimento e saúde para o homem do campo
O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar Minas) deve aumentar em 10% no próximo ano o número de pessoas atendidas nos cursos das áreas de Formação...
16/12/2016
Um ano de safra recorde na cafeicultura, com 28,9 milhões de sacas
Alta foi de 29,7% frente a 2015
16/12/2016
Cenário favorável para milho e soja
Demanda aquecida, incremento das exportações e quebra da safra elevaram os preços
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.