17/06/2018
Login
Entrar




Agronegócio

13/03/2018

Farelo e óleo puxam exportações no País

Da Redação
Email
A-   A+
Em fevereiro, foi destaque do agronegócio no País o forte aumento na quantidade exportada de farelo de soja (90,5%) e do óleo de soja (65,5%), gerando expansão no valor embarcado para o exterior de 100,3% e 54,7%, respectivamente. Outra evidência no mês, no confronto com igual período de 2017, foi a elevação de 74,4% no valor da celulose negociada junto ao mercado externo. De acordo com a Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio (SRI) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), houve recorde tanto na quantidade (35,3%) do produto, quanto do valor, considerando a séria histórica desde 1997.

O milho também teve crescimento expressivo nas vendas externas, de 157% na quantidade exportada, que foi de 1,3 milhão toneladas.

Outro aumento registrado foi no volume exportado de carne bovina in natura, que cresceu 24% em relação a fevereiro de 2017, totalizando 98 mil toneladas, equivalentes a US$ 392 milhões. As exportações de bovinos vivos também tiveram forte alta (US$ 48,79 milhões, com aumento de 1.640%), com aquisições, principalmente, da Turquia (US$ 41,12 milhões).

Total - As exportações do agronegócio foram de US$ 6,23 bilhões em fevereiro de 2018, alta de 5,2% em relação aos US$ 5,93 bilhões do mesmo mês do ano passado. A análise do índice de quantum das exportações do agronegócio revela que a elevação da quantidade vendida ao exterior foi fator determinante para a expansão do valor exportado no mês (+7,7%), uma vez que a mensuração do índice de preço das exportações revelou queda de 2,3% nos preços.

Enquanto as exportações do agronegócio cresceram, as importações diminuíram 1,4%, caindo de US$ 1,10 bilhão em fevereiro de 2017, para US$ 1,08 bilhão em igual mês de 2018. O incremento das exportações e a concomitante queda das importações resultaram na expansão do saldo comercial do agronegócio, que saiu de US$ 4,83 bilhões em fevereiro do ano passado, para US$ 5,15 bilhões no mesmo período deste ano.

No bimestre (janeiro-fevereiro), os destaques favoráveis dos embarques brasileiros foram os incrementos nas vendas de milho, algodão, carne bovina e celulose.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

16/06/2018
Nova lei transfere controle para os estados
Até então, o comércio interestadual de produtos artesanais de origem aninal só era permitido com o SIF
16/06/2018
Coleta de Sempre-Vivas pode ganhar selo
Minas Gerais pode ter o primeiro Patrimônio Agrícola Mundial brasileiro. É o sistema de agricultura tradicional da Serra do Espinhaço, no Território Alto...
16/06/2018
São Roque de Minas sedia Concurso Estadual
Neste sábado, 16 de junho, será realizada, em São Roque de Minas, região Centro-Oeste, a final do 11º Concurso Estadual de Queijo Minas Artesanal. A disputa...
15/06/2018
Abates aumentam com exportações
Houve incremento no ramo de bovinos (10%) e suínos (2,2%), mas queda no de frangos (13,8%)
15/06/2018
Venda direta de etanol aos postos divide produtores
São Paulo - O Projeto de Decreto Legislativo 61/2018, que autoriza a venda direta de etanol hidratado de usinas para os postos, é rejeitado pelas distribuidoras e dividiu o setor de...
› últimas notícias
BDMG reduz juros para MPEs
Valor de dívidas de estados e municípios foi de R$ 594,1 mi
Fazenda critica MP do frete ao STF
Liberação de saque deve injetar R$ 39,3 bi no mercado
Uberlândia está no rumo da universalização
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


16 de junho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.