Publicidade
17/08/2017
Login
Entrar

Prêmio José Costa

21/11/2015

Faturamento do Grupo Zema cresce 5%

Companhia sediada em Araxá registra desempenho positivo neste ano mesmo com ambiente econômico adverso
Mara Bianchetti
Email
A-   A+
O presidente do Grupo Zema, Romeu Zema, recebeu o Prêmio José Costa (5ª edição) na categoria Comércio/Alisson J. Silva
O Grupo Zema, com sede em Araxá, no Alto Paranaíba, aposta em empreendedorismo, objetividade e determinação para crescer de forma contínua e segura há mais de 90 anos. A estratégia tem dado certo e está sendo reconhecida pois, mesmo diante de um cenário econômico adverso como o atual, a empresa vai alcançar neste ano um faturamento de R$ 3,5 bilhões, o que representa um crescimento de 5% sobre o exercício anterior. O grupo foi um dos agraciados com o Prêmio José Costa que, em 2015, chegou à sua 5ª edição, uma realização do DIÁRIO DO COMÉRCIO em parceria com a Fundação Dom Cabral (FDC).

De acordo com o presidente da companhia, Romeu Zema, embora positivo, o resultado é inferior aos últimos anos. Segundo ele, até então a empresa vinha crescendo a uma média de 18%. "Este é, talvez, o mais difícil dos últimos 20 anos. As vendas estão com recuo expressivo e o resultado acompanhando a curva de declínio. Mas crises fazem parte da história da humanidade e, principalmente, do Brasil. Por isso, precisamos tirar algum aprendizado deste período e tenho certeza que a empresa vai sair desse cenário melhor do que entrou", avalia.

Zema destaca, inclusive, que o resultado positivo diante da atual crise somente tem sido possível por causa das ações de gestão responsável, que foram determinantes também na escolha do grupo como vencedora da categoria de comércio do Prêmio José Costa. "São diversas ações socioambientais desenvolvidas para o bem-estar social, a valorização do ser humano e a preservação do meio ambiente. Os ganhos diretos não existem, mas as medidas deixam claros nossa postura e nosso movimento na aposta no capital humano e em um futuro melhor para a sociedade", destaca.

Leia também

Minas terá 1º parque tecnológico de produção audiovisual
Criatividade impulsiona negócios
Fiat investe no reaproveitamento de água
Faturamento da Pif Paf deve crescer 6%
Super Nosso aposta na força sênior

Capacitação - Entre os projetos, o presidente do Grupo Zema destaca a Universidade Corporativa Unizema, criada há mais de uma década, visando à qualificação e capacitação dos cerca de 6,7 mil funcionários do grupo. São cursos presenciais e a distância em diversas áreas voltados para os profissionais. "Dezenas de pessoas entraram jovens na empresa e em funções simples e hoje ocupam cargos de diferentes natureza. A empresa tem essa cultura de fazer os funcionários crescerem junto com ela", explica.

Ainda na linha da educação, a empresa conta ainda com o "Projeto Futuro: aluno potencial Zema", por meio do qual, a cada ano, dois adolescentes de baixa renda são selecionados e ganham uma bolsa de estudos no ensino médio, e ao passar no vestibular, recebem todo o apoio da companhia na universidade. Segundo o executivo, esta é mais uma forma de a empresa ressaltar sua preocupação com o desenvolvimento de pessoas, tanto no âmbito organizacional como na comunidade onde atua.

Já na área ambiental, o presidente do Grupo Zema cita a preocupação da companhia com as embalagens dos móveis e eletroeletrônicos que comercializa na Eletrozema, rede varejista da empresa. Conforme ele, cerca de 70% das caixas, plásticos e isopores que envolvem os produtos retornam para as lojas e são encaminhados para a reciclagem em um presídio localizado em Araxá. O dinheiro arrecadado com a comercialização dos rejeitos é repassado a instituições voltadas para crianças, idosos e pessoas carentes da região.

"Além de ajudar essas pessoas, estamos contribuindo com os próprios presidiários, que têm a oportunidade de reduzirem suas penas e gerar uma poupança, além de preservar o meio ambiente", observa.

Exemplo - E o orgulho não é exclusividade do presidente do Grupo Zema. Ele destaca que todos os funcionários se sentem integrados na política da empresa e indicam preocupação com os colegas de profissão, com o ambiente de trabalho e com a sociedade em que vivem. "O prêmio veio para coroar isso. O Brasil carece de bons exemplos. Esses exemplos existem, mas nem sempre são vistos. A partir do momento que ganham visibilidade, surge a oportunidade de outros adotarem medidas semelhantes e o País melhorar ainda mais", afirma.

A 5ª edição do Prêmio José Costa contou com o patrocínio da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) e da Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM); com o copatrocínio do Banco Mercantil do Brasil e apoio da Interface Comunicação e Reciclo Comunicação.

Confira o vídeo da premiação

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

19/12/2015
Minas terá 1º parque tecnológico de produção audiovisual
Projeto terá investimento de R$ 5,7 milhões
19/12/2015
Criatividade impulsiona negócios
Uma das novas categorias da 5ª edição do Prêmio José Costa, “economia criativa” é um termo utilizado para definir todas as atividades que...
10/12/2015
Fiat investe no reaproveitamento de água
Mediante aportes de R$ 4 milhões, montadora inicia a modernização da estação de tratamento
04/12/2015
Faturamento da Pif Paf deve crescer 6%
Empresa investe R$ 54 milhões até 2016, a maior parte destinada ao aumento da capacidade de produção
01/12/2015
Super Nosso aposta na força sênior
Projeto visa incorporar à empresa colaboradores com faixa etária acima de 55 anos
› últimas notícias
ENTREVISTA | MARCUS VINÍCIUS POLIGNANO
Rio das Velhas atinge nível crítico de vazão
Projeção para salário mínimo em 2018 é reduzida
Setor de serviços em Minas registrou queda de 3% no semestre
Cemig pode fechar acordo com a União
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:

Cadastrar
› Mais Lidas
Receita da Pif Paf deve ir a R$ 4 bilhões
Roubo de cargas onera toda a sociedade
Magnesita Refratários reporta prejuízo líquido de US$ 41,4 milhões
Vale passa a ter o controle indefinido e afasta o fantasma de interferência governamental
Estado busca alavancar indústria criativa
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


17 de August de 2017
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.