Publicidade
20/05/2018
Login
Entrar

Negócios

19/12/2014

Feirão digital alavanca as vendas

Agências e concessionárias atingem público maior na internet do que em eventos físicos
Thaíne Belissa
Email
A-   A+
Guimarães diz que ações foram realizadas no segundo semestre deste ano e geraram acréscimo de 30% a 35%/Divulgação
Os tradicionais feirões de carros que costumam reunir um grande público em estacionamentos de shoppings, supermercados ou centros de eventos ganharam um novo endereço: a internet. De olho no potencial que a rede tem para atrair consumidores, concessionárias estão investindo em feirões digitais, que oferecem ofertas e condições únicas para o cliente que navega pela web.

A ideia surgiu na agência paulista de marketing digital 4Life Sistemas, que oferece o desenvolvimento da página do feirão e o serviço de divulgação. O CEO Igor Kalassa afirma que a ação traz grande fluxo de clientes para as lojas, aumenta as vendas e custa muito menos que um feirão físico. "Se a concessionária for realizar um feirão físico, vai gastar muito mais com anúncios, espaço, decoração, além de ter que negociar horário de funcionamento. No feirão on-line, o cliente consegue visualizar a oferta 24 horas por dia", diz.

Ele afirma que o feirão digital dura entre quatro e cinco dias, mas algumas concessionárias ainda costumam prorrogar as ofertas por mais dois dias. Ele explica que para se caracterizar um feirão, a loja precisa oferecer condições e preços especiais, que realmente destaquem aquela ação da venda tradicional. Segundo ele, a divulgação é feita por anúncios no Google e nas redes sociais e é direcionada a usuários que estejam navegando em regiões próximas à concessionária. Kalassa afirma que a estratégia da 4Life é eficiente e normalmente atinge 70% do público-alvo do ofertante.

Leia também

Projeto da Cidade Médica será retomado
Tratabem passa por expansão e terá 25 unidades na RMBH neste ano
Sorocred aposta no mercado varejista de Minas
Empresas de investimento estão repensando a participação no Facebook
Fintechs, um destino sem volta

Interior - Proprietário de duas unidades da concessionária Auto Gerais, no Sul de Minas, José Fernando Rebello de Carvalho realizou o primeiro feirão digital no fim do último mês e teve um bom retorno. Ele investiu R$ 2 mil em anúncios na internet e viu suas vendas aumentarem 44% somente no período em que realizou a ação.

"As duas ligações que recebemos por dia saltaram para dez e as vendas de carros usados no mês saiu de 25 para 36", afirma. O empresário também destaca que o fluxo de acessos no site aumentou consideravelmente, trazendo clientes novos que foram atraídos pelas ofertas e condições diferenciadas.

Carvalho afirma que decidiu fazer o feirão digital porque enfrenta bastante dificuldade com a mídia tradicional. Segundo ele, as duas concessionárias têm influência em cerca de 40 cidades na região, mas ele não consegue pagar um anúncio que circule por todas elas. "Não há jornais ou canais de rádio que abranjam todas as cidades, então tenho que ir em um por um. Já o sinal de TV é amplo demais e eu pagaria muito caro por uma abrangência tão pequena", diz. A solução foi investir na internet, começando por uma ação forte como feirão.

O empresário afirma que fez uma identidade visual específica para a ação e reproduziu a imagem nas lojas físicas. Ele também garantiu que as ofertas e condições foram especiais para essa ação, que deve ser repetida pelo menos mais duas vezes em 2015.


Facilidade - Presente em oito cidades mineiras, as concessionárias Guiauto e CVG também adotaram o feirão digital, tendo realizado duas ações neste ano. O diretor comercial das unidades, Leonel Guimarães, afirma que o grupo decidiu investir na estratégia por acreditar no potencial da internet para atração de clientes. Além disso, ele destaca as vantagens do feirão on-line em relação ao físico. "Fazer feirões em estacionamentos de shoppings, por exemplo, é muito mais caro, pois são áreas nobres. Além disso é difícil negociar boas datas e o custo das mídias complementares como carro de som e panfletos é muito maior", diz.

Ele também destaca que o feirão digital dá mais comodidade ao cliente, que pode consultar preços e modelos quando quiser e de onde estiver. Outra vantagem é a facilidade para administrar as ofertas em tempo real: pela análise dos acessos é possível saber o que está despertando mais interesse, o que pode ajudar na decisão de liberar novas ofertas. Caso um modelo já tenha atingido sua meta de venda, o empresário também pode retirar a oferta.

Guimarães afirma que os feirões da Guiauto e da CVG duram cerca de três a quatro dias e trazem ofertas reais de modelos de carros. As ações foram realizadas no segundo semestre deste ano e geraram acréscimo de 30% a 35%, tanto no volume de venda, quanto no fluxo de clientes no site. O diretor afirma que a ação também alcançou clientes novos em cidades localizadas em até 100 quilômetros de distância das unidades. A expectativa para 2015 é a realização mensal ou pelo menos bimestral de feirões digitais.




Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

19/05/2018
Projeto da Cidade Médica será retomado
Plano de construir o cluster de saúde no Vetor Norte de Belo Horizonte passou por mundanças para ser viabilizado
19/05/2018
Tratabem passa por expansão e terá 25 unidades na RMBH neste ano
As duas unidades da Tratabem, marca da iGUi Worldwide, especializada no tratamento e assistência técnica de piscinas, que estão sendo inauguradas em Belo Horizonte, são...
19/05/2018
Sorocred aposta no mercado varejista de Minas
Empresa paulista fechou acordo com rede de lojas no Estado
19/05/2018
Empresas de investimento estão repensando a participação no Facebook
Boston - Diversas empresas de investimentos socialmente conscientes estão vendendo ou repensando suas participações no Facebook, insatisfeitas com as medidas adotadas pela...
19/05/2018
Fintechs, um destino sem volta
De uns tempos para cá surgiram as Fintechs (financial technology): empresas geralmente fundadas por jovens, com objetivo de criar novas formas de apresentar produtos e serviços...
› últimas notícias
Minas Gerais cria 23.563 vagas em abril
Two-Flex Aviação transporta cargas entre Varginha e BH
Governo fala que estuda redução de impostos
Caminhoneiros anunciam greve contra preço do diesel
Sigma aporta R$ 230 mi na produção de lítio
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


19 de maio de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.