Publicidade
21/08/2017
Login
Entrar

Agronegócio

21/04/2017

Feragro deve gerar R$ 5 milhões em negócios no Vale do Jequitinhonha

Feira em Capelinha acontece em maio
Michelle Valverde
Email
A-   A+
Organizadores estimam que o evento em Capelinha vai receber 4 mil visitantes durante os dois dias/Multideias/Divulgação
Nos dias 4 e 5 de maio, a cidade de Capelinha, no Vale do Jequitinhonha, recebe a Feira Regional de Máquinas, Equipamentos e Insumos Agropecuários (Feragro). Com 40 estandes e expectativa de receber 4 mil visitantes, o evento movimentará, pelo menos, R$ 5 milhões em negócios diretos. Durante a feira, os produtores poderão participar de palestras, workshops e investir em novas tecnologias. A novidade desta edição é a realização da Feira do Programa Pró-Genética, que disponibiliza bovinos de alto padrão genético a preços acessíveis para os pecuaristas.

A Feragro é realizada pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG), Associação Comercial, Industrial, de Agronegócios e Serviços de Capelinha (Aciac) e Prefeitura Municipal de Capelinha.

De acordo com o gerente regional da Emater-MG em Capelinha, Valmar Gonçalves, a Feragro, além de reunir empresas fornecedoras de insumos e máquinas para a produção agrícola e pecuária, é uma oportunidade de divulgar o potencial e a variedade de culturas desenvolvidas na região do Vale do Jequitinhonha.

“A Feragro é uma feira de negócios que foi idealizada pela Emater e pela Aciac. O objetivo é apresentar aos agricultores familiares da região os empresários da área de produtos agropecuários e estimular os negócios. No espaço serão apresentadas as tecnologias desenvolvidas para o campo. Vale ressaltar que a região de Jequitinhonha tem uma produção variada, incluindo o café, a madeira, o mel, o leite, a piscicultura, o artesanato e as hortaliças. E a feira vem para apresentar os produtos da região. Nosso objetivo é valorizar a produção regional”, explicou Gonçalves.

Capacitação - Nos dias 4 e 5 de maio, serão realizadas palestras e workshops com temas diversificados e voltados para a capacitação dos produtores. Entre os temas estão a importância da melhoria genética dos bovinos, a produção de cafés sustentáveis, a produção e o mercado para a madeira tratada, ações para o fortalecimento da apicultura e derivados, conservação do solo e da água, entre outros.

Nesta edição, serão 40 estandes reunindo empresas de variados segmentos como máquinas, equipamentos, insumos e entidades financeiras. Também haverá uma área para a demonstração dos implementos e feira da agricultura familiar.

Genética - Pela primeira vez, a Feragro contará com a feira de reprodutores e matrizes do Programa Pró-Genética. É a oportunidade para que os pecuaristas invistam em animais de genética superior, ideais para o melhoramento da qualidade do rebanho comercial de corte e de leite.

O presidente da Aciac, Maurício Teixeira, destaca que as expectativas em relação à Feragro são as melhores pela diversidade produtiva, com destaque para a cafeicultura, o eucalipto e também a fruticultura, que está em fase inicial e já apresenta resultados promissores. A região também produz tomate e outras hortaliças.

“O País passa por turbulências políticas e socioeconômicas e, por ser muito privilegiada, a região ainda não foi afetada. Como nós não temos grandes empresas, ainda é o agronegócio o carro-chefe. O Jequitinhonha é muito promissor e com muitas oportunidades a serem exploradas por vários segmentos. A feira do ano passado foi um sucesso e, com certeza, este ano vai ser muito melhor. Todos os expositores do ano passado confirmaram presença novamente por terem feito muitos negócios na edição anterior”, explicou Teixeira.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

19/08/2017
Cresce a demanda por gestores nas fazendas
Em Minas, a procura aumentou 60% em 12 meses, impulsionada pelos bons resultados do agronegócio
19/08/2017
Mineira Supremo Carnes abre planta em Campo Belo
Com investimento da ordem de R$ 20 milhões, a mineira Supremo Carnes, que faz parte do grupo Supremo, abriu, no último dia 14, parque industrial em Campo Belo (Centro-Oeste). A nova...
19/08/2017
Brasil terá que responder à China sobre suposta prática de dumping
São Paulo - O presidente-executivo da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Francisco Turra, disse que o governo brasileiro recebeu na madrugada desta...
18/08/2017
Preço do etanol deve estimular consumo
Na última semana o litro do biocombustível ficou em R$ 2,64 enquanto o da gasolina passou para R$ 3,80
18/08/2017
Armazenagem de grãos está comprometida
São Paulo - O Brasil, maior exportador mundial de soja e o segundo de milho, atrás dos Estados Unidos, vê os grãos se amontoarem por causa da segunda safra do cereal,...
› últimas notícias
Cemig oferece R$ 11 bilhões para evitar leilão
Diminui o pessimismo entre os empresários em Minas, aponta Fiemg
ENTREVISTA | FRANK SINATRA, PRESIDENTE DA FCDL-MG
Banco Central registra avanço de 0,2% no Sudeste
Federaminas difunde projeto de educação financeira em MG
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:

Cadastrar
› Mais Lidas
Desoneração da folha afeta a Previdência
Rombo na Funcef é alvo de protesto
Cinco municípios geram empregos em Minas
Dívida do setor público é estimada em 75,7% do PIB
Mineira Supremo Carnes abre planta em Campo Belo
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


19 de August de 2017
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.