Publicidade
22/05/2018
Login
Entrar

DC Turismo

03/02/2018

Flyworld abre primeira unidade na Capital

Thaíne Belissa
Email
A-   A+
Belo Horizonte acaba de receber sua primeira unidade da Flyworld Viagens, rede de microfranquias de turismo que possui 45 unidades no Brasil. A operação, que teve um investimento de R$ 25 mil, será comandada pelos empresários Manuela Belém e Roberto Lima, em um escritório no bairro Sagrada Família, região Leste da Capital. A expectativa do presidente da empresa, Paulo Cézar Atencia, é de que, pelo menos, outras três microfranquias sejam abertas em Minas Gerais ainda neste ano.

Essa é a segunda tentativa da marca de expandir para o Estado. A Flyworld Viagens chegou a ter uma microfranquia em Passos, no Sul do Estado, mas a operação foi encerrada devido a circunstâncias pessoais do franqueado. Reconhecendo o potencial da economia mineira, o presidente volta a investir no Estado, desta vez com uma microfranquia na Capital. “Belo Horizonte é um polo de negócios e, nos últimos anos, o turismo de negócios tem crescido na cidade. Acreditamos no potencial desse mercado”, diz.

Ele afirma estar otimista com o perfil dos novos franqueados, que investiram R$ 25 mil na microfranquia da Capital. Os empresários Manuela Belém e Roberto Lima têm expertise no segmento, além de experiências pessoais de turismo, o que resultará em um bom atendimento aos mineiros. Inicialmente, os franqueados trabalharão de home office, no bairro Sagrada Família. Mas, a expectativa deles é se mudar para uma loja em pouco tempo. “Temos em mente que um de nossos pontos fortes é a qualidade do atendimento, por isso, estamos confiantes no sucesso dessa nova empreitada”, afirma Manuela Belém.

O presidente afirma que a marca tem interesse em abrir outras unidades na Capital e na região metropolitana. Ele espera vender entre três a cinco microfranquias no Estado até o fim deste ano. A expansão da Flyworld Viagens também se dará em nível nacional, segundo o empresário. Ele afirma que a marca quer passar de 45 unidades para 60 este ano, chegando a cidades onde a franquia ainda não está presente, como em Brasília.

Atencia explica que o modelo de franquia da Flyworld Viagens é diferenciado por ser muito acessível a profissionais comuns que tenham interesse na área de turismo e desejam se transformar em empresários do segmento. Segundo ele, quando o franqueado adquire uma microfranquia da marca, ele ganha todo o know hall do segmento, recebendo “pronto” fornecedores de qualidade e apoio nas áreas de marketing e assessoria de imprensa. O empresário que está adquirindo a operação, por outro lado, precisa investir fortemente em seu networking para alcançar clientes.

O valor para adquirir uma microfranquia da marca varia de R$ 15.500 a R$ 25 mil, dependendo da cidade onde ela será instalada. De acordo com o presidente, a maioria dos franqueados começam com uma operação de home office e, pouco tempo depois, partem para uma loja.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

08/05/2018
Mercado do Brasil atrai a atenção da rede Wyndham
Grupo deve abrir 10 hotéis no País
08/05/2018
Levantamento mostra destinos mais procurados
Faltando dois meses para o início da temporada de férias escolares, o setor de turismo mostra otimismo em relação à movimentação de turistas no...
08/05/2018
Concessão de vistos aumentou 49% em abril
Os dados do programa eVisa referentes ao último mês de abril, divulgados pelo Ministério de Relações Exteriores, indicam que nos mercados estratégicos para...
28/04/2018
Valorização do dólar preocupa o setor
Alta da moeda norte-americana deve impactar diversos segmentos da cadeia de prestadores de serviços
28/04/2018
Accor inaugura hotel Ibis Budget em Patos de Minas
Para melhor acomodar os visitantes e aproveitar o potencial turístico de Patos de Minas, no Alto Paranaíba, que tem cerca de 150 mil habitantes, a AccorHotels, maior grupo hoteleiro...
› últimas notícias
Preços inviabilizam transporte de cargas
Confiança do empresário avança 1,2 ponto
PIB tem aumento de 0,3% no 1º trimestre
Minas recorrerá à expertise chinesa para aproveitar rejeitos
Balança brasileira registra superávit de US$ 1,924 bi na terceira semana de maio
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


23 de maio de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.