17/08/2018
Login
Entrar

Internacional

12/06/2018

FMI vê dúvidas sobre economia crescerem após reunião do G-7

AE e Reuters
Email
A-   A+
Berlim/ São Paulo – As nuvens sobre a economia global ficaram ainda mais escuras, especialmente desde a divisão dos líderes do grupo das sete maiores economias na cúpula desse fim de semana, disse ontem a diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde.

Lagarde, falando em coletiva de imprensa conjunta em Berlim com os chefes de outras importantes organizações econômicas e a chanceler alemã, Angela Merkel, disse que a confiança dos empresários está diminuindo devido a medidas que atrapalham o comércio.
O diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Roberto Azevedo, acrescentou: “Temos, portanto, que parar com essa escalada de tensões. Um processo difícil não será útil”.

Ruim para todos - A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, afirmou ontem que expressou, durante a cúpula do G-7, no Canadá, seu “profundo desapontamento” com a decisão “injustificada” dos Estados Unidos de aplicar tarifas sobre a importação de aço e alumínio da União Europeia, mas ressaltou a necessidade de se evitar uma escalada de medidas “olho por olho” no comércio global.

“A perda de comércio por meio de tarifas diminui competição, reduz produtividade, remove o incentivo para inovar e ultimamente faz todos mais pobres”, falou a premiê em discurso na Câmara dos Comuns do Parlamento britânico.

Como solução ao impasse gerado pelas tarifações levadas adiante por Washington e as retaliações anunciadas por Bruxelas, May propôs fazer o sistema comercial internacional baseado em regras “funcionar melhor”, inclusive pelo encorajamento a que a Organização Mundial do Comércio (OMC) opere “mais efetivamente”.

“Ação multilateral é o caminho certo para se alcançar isso”, cravou. “Não se pode fazê-lo ao promover ação unilateral contra seus parceiros”.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

17/08/2018
China e EUA acertam rodada de negociações para o fim deste mês
Reunião pode significar progresso na solução de conflito
17/08/2018
Itália e UE trocam acusações por queda de ponte
Roma - A atribuição de culpa alheia pelo colapso fatal da ponte Morandi, na Itália, se intensificou ontem com autoridades italianas e da União Europeia (UE) buscando...
15/08/2018
EUA ameaça com novas sanções e Turquia promete retaliar
Pressão americana é para que turcos libertem pastor
15/08/2018
Militares são presos suspeitos de ataque
Caracas - O procurador-geral da Venezuela, Tarek Saab, revelou, na terça-feira (14), que dois militares de alta patente foram presos por suposto envolvimento em explosões de drones...
14/08/2018
Argentina eleva taxa de juros para 45% para conter o dólar
Decisão ocorre após a crise na Turquia movimentar os mercados globais
› últimas notícias
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


17 de agosto de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.