22/07/2018
Login
Entrar




DC Auto

29/06/2018

Ford EcoSport Storm tem tração integral

Sistema 4WD atua sob demanda. Utilitário conta, também, com câmbio automático de seis marchas
José Oswaldo Costa*
Email
A-   A+
O Ford EcoSport vendeu, até ontem, 15.658 unidades em 2018. Tirando dessa conta as 2.431 unidades comercializadas em junho, já que o mês ainda não foi encerrado, temos uma média de emplacamentos, aproximada, de 2.645 unidades/mês. Os números são da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

Pioneiro do segmento de utilitários esportivos compactos, o modelo da Ford perdeu terreno para a concorrência, principalmente, nos casos do Honda HR-V, do Nissan Kicks, do Jeep Renegade e do Hyundai Creta.

Em busca de aumentar sua fatia de mercado, no segmento que mais cresce no Brasil, a montadora norte-americana lançou, em fevereiro desse ano, uma nova versão topo de linha para o modelo, a Storm.

DC Auto recebeu uma unidade para avaliação. O primeiro destaque é que o EcoSport Storm é dotado de tração integral sob demanda. Ou seja, na maior parte do tempo a tração é dianteira mas, em caso de necessidade, as rodas traseiras passam a receber até 50% da tração.

Além disso, é o único do mercado, em sua faixa de preço, a oferecer esse tipo de tração acompanhada de câmbio automático (6 marchas). Os concorrentes contam com câmbio manual.

Aliás, esse câmbio automático substitui o automatizado de dupla embreagem (Powershift) até então utilizado. Ele oferece a possibilidade de trocas manuais por meio de “borboletas” atrás do volante.

Outra informação importante é que o pacote de tecnologia e segurança oferecido  é bem recheado. Ele é equipado, por exemplo, com sete airbags (frontais, laterais, do tipo cortina e para os joelhos do motorista).

Também oferece conteúdos interessantes nessa versão topo de linha: controle de estabilidade com sistema anticapotamento, monitoramento de pressão dos pneus e teto solar elétrico.

Visual - Para se destacar ainda mais das demais versões, o EcoSpor Storm ganhou uma cor especial de lançamento, chamada pela Ford de marrom Trancoso. Além disso, o nome da versão é estampado na grade do radiador.

As caixas das rodas receberam molduras em plástico preto. Faixas escuras foram aplicadas no capô e nas laterais. A carcaça dos espelhos retrovisores, as maçanetas e o rack de teto são cinzas. Mesma cor adotada nas rodas de liga-leve (de 17 polegadas).
O estepe, ainda fixado na tampa do porta-malas, recebeu uma carcaça protetora de plástico com o nome da versão e na cor do veículo.

No interior, o visual também é diferenciado em relação a outras versões do SUV compacto. O volante e os bancos, revestidos em material sintético que imita o couro, receberam pespontos na cor laranja.

É a mesma cor adotada na base da central multimídia e no contorno do console central. Esse material na cor laranja também está presente no acabamento dos apoios de braço das portas.

Falando na central multimídia, é a mais avançada disponibilizada pela Ford (Sync 3). Ela apresenta tela sensível ao toque de 8 polegadas e conectividade com o Apple CarPlay e o Android Auto. O sistema inclui comandos por voz para áudio,  telefone e GPS.
A partida do motor é feita por meio de botão no painel (chave presencial) e o modelo conta com ar-condicionado digital automático. O quadro de instrumentos apresenta tela de 4,2 polegadas para o computador de bordo.

O som premium é da marca Sony, sendo equipado com 9 alto-falantes.

 
MOTOR 2.0 16V GARANTE BOM DESEMPENHO



O Ford EcoSport Storm é equipado com um motor 2.0 16V bicombustível. É o mesmo utilizado no Focus e apresenta duplo comando de válvulas variável e injeção direta de combustível.

Ele é capaz de render 170/176 cv (gasolina/etanol) e apresenta torque de 202/221 Nm (gasolina/etanol). É o suficiente para o utilitário se mostrar ágil no trânsito urbano e nas rodovias.

Em estradas, essa motorização, aliada ao peso do veículo de 1.469 kg, cobra seu preço no consumo (ver Ficha Técnica).

Pondo isso de lado, o rendimento é muito bom. Nas rodovias, por exemplo, ultrapassagens são feitas com bastante segurança. O motor “enche” e o câmbio mantém a rotação alta. Vale destacar que o isolamento acústico é eficiente e o barulho do motor não invade a cabine em situações como essa.

O conforto é bom para os ocupantes graças à suspensão traseira com sistema independente Multilink e molas de rigidez progressiva. Isso melhora o nível de vibração e a capacidade de absorção de impactos.

Esse conjunto da suspensão oferece conforto para os passageiros sem prejudicar o desempenho. A carroceria não inclina muito em curvas mais fechadas e o modelo está sempre “nas mãos”.

Dentre outros, o Ford EcoSport Storm 2.0 16V 4WD é equipado com sete airbags (dianteiros, laterais, do tipo cortina e para os joelhos do condutor), encostos de cabeça e cintos de três pontos para todos os ocupantes, controles de estabilidade e tração, faróis de xenônio, faróis de neblina, sistema Isofix para fixação de cadeirinhas infantis, assistente de partidas em rampas, sensor de estacionamento traseiro, câmera de ré, chamada de assistência de emergência, ar-condicionado digital automático, direção eletricamente assistida, rodas em liga leve de 17 polegadas, bancos revestidos com material sintético que imita o couro, câmbio automático de 6 marchas com possibilidade de trocas manuais por meio da própria alavanca ou pelas “borboletas” localizadas atrás do volante, volante multifuncional, retrovisor interno fotocrômico, teto solar elétrico, sistema de partida por meio de botão (chave presencial), sistema multimídia com tela sensível ao toque de 8 polegadas e sistema de som premium da marca Sony com 9 alto-falantes.

Na tabela da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), seu preço é R$ 98,86 mil.
 

FIXA TÉCNICA

Velocidade máxima — 180 km/h
0 a 100 km/h — 10,7 segundos
Potência — 170/176 cv (gasolina/etanol)
Consumo médio gasolina — 8,3 km/l (cidade) e 10,5 km/l (estrada)
Consumo médio etanol — 6,1 km/l (cidade) e 8,0 km/l (estrada)
Distância entre  eixos — 2,52 metros / Comprimento — 4,36 metros
Largura — 1,79 metro / Altura — 1,69 metro
Capacidade do porta-malas — 356 litros
Capacidade do tanque — 52 litros
Pneus/Rodas — 205/50 R17 / Liga leve 17 polegadas



Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

20/07/2018
Câmbio automático para Polo e Virtus 1.6
Versão visa atender, principalmente, o público PCD e modelos ficam abaixo da faixa de R$70 mil
13/07/2018
Spin ganha novo design para a linha 2019
Segunda fileira de bancos passa a ser corrediça e versão aventureira tem opção de sete lugares
06/07/2018
BMW M5 chega ao mercado nacional
Vendido em duas versões (R$ 694,95 mil e R$ 739,95 mil), conta com motor V8 de 600 cv de potência
22/06/2018
Lifan lança o novo X80 no mercado brasileiro
SUV tem motor 2.0 turbo de 184 cv
15/06/2018
CBR 1000 RR Fireblade 2018 é lançada
Nova geração do modelo da Honda está 15 kg mais leve, 11 cv mais potente e recheada de eletrônicos
› últimas notícias
Exportações de soja devem ser recorde no próximo ano
Renovação da concessão da EFVM pode ser resolvida na Justiça
Pessimismo aumenta na indústria mineira
Minas mantém sequência de superávit
Brasil fecha 661 vagas com carteira assinada
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


21 de julho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.