Publicidade
22/08/2017
Login
Entrar

Legislação

16/05/2017

Governo estuda uma correção da tabela do IRPF

Agência Estado
Email
A-   A+
Brasília - O presidente Michel Temer afirmou ontem, em entrevista coletiva a emissoras regionais de rádio, que “apreciaria muitíssimo” corrigir a tabela do Imposto de Renda para Pessoa Física (IRPF), com a ampliação da faixa de isenção, hoje limitada ao máximo de R$ 1.913,98. Temer, que respondia a uma pergunta sobre a possibilidade de dobrar esse teto, disse, porém, que não há nada de concreto sobre o assunto, que considerou “muito complicado”.

“Houve uma fala sobre a possibilidade de aumentar a faixa de isenção”, confirmou o presidente, sobre negociações iniciais a respeito do tema. Mas, evitou anunciar como certa a possibilidade de dobrar a faixa de isenção. “Não há isso concretamente. Seria bom. Seria uma maneira de alcançar uma boa margem de trabalhadores que seriam beneficiados por isso de um lado e, de outro lado, também a economia que fariam ao invés de pagar o tributo, iriam gastar isso na economia nacional”, declarou o presidente.

Em seguida, Temer reconheceu que a medida, que causaria um baque na arrecadação federal, não é fácil de ser adotada, embora a considere importante. “Seria útil. Mas reconheço que é uma coisa complicada. Foi fruto apenas de uma breve fala que as cadeiras, mesas e paredes do Planalto captaram”, disse, brincando com o vazamento da informação. 
Questionado sobre o prazo para a definição em torno dessa possibilidade, o presidente respondeu com apenas um “não sei”.

FGTS - Mas, antes, Michel Temer, ao responder sobre a possibilidade de ampliação da faixa de isenção do Imposto de Renda, chegou a fazer um paralelo com os efeitos da medida provisória que está sendo concluída pelo governo e que permitirá o saque dos rendimentos de contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). “Os rendimentos do FGTS, que ficavam apenas com o poder público, são partilhados, metade vai para os trabalhadores”, disse o presidente, anunciando para “daqui a um mês, um mês e pouco, no máximo” o prazo para a liberação de “vários bilhões que são fruto do rendimento”.

Temer também comparou a medida à injeção de recursos no varejo trazida pelos saques de contas inativas do Imposto de Renda. “Houve apenas uma primeira conversa para verificar se seria possível ampliar a faixa limite para o IR. Se for possível, claro, se aumenta a faixa de isenção, permitindo que muita gente possa economizar no pagamento do tributo para investir, para aplicar no varejo ou onde seja. Aliás, talvez haja relação lógica entre a liberação dos valores do FGTS que já chegam a R$ 28 bilhões e a melhora das compras no varejo”, afirmou. (AE)

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

22/08/2017
STF pode proibir uso de amianto
Julgamento de sete ações sobre o mesmo tema será retomado amanhã pelo plenário
22/08/2017
Extinção de obrigações do falido exige prova de quitação de tributos
Brasília - Nos casos regidos pelo Decreto-Lei 7.661/45, a extinção das obrigações do falido ocorre cinco anos após a sentença de encerramento da...
22/08/2017
Cresce a procura de interessados para realização de obras do TJMG
As licitações para a realização de obras do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) têm atraído um número cada vez maior de empresas...
22/08/2017
Cai liminar que suspendia perdão de dívidas no DF
Brasília - O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), revogou liminar anteriormente concedida e manteve os efeitos de lei do Distrito Federal que perdoa a...
19/08/2017
CNJ vai investigar folha de todos os juízes
Tribunais estaduais devem enviar mensalmente cópias do contracheque dos magistrados ao conselho
› últimas notícias
Preço de imóvel para venda na Capital foi o menor de 2017
Déficit habitacional em Minas chegou a 8%
Liminar suspende o leilão de quatro usinas da Cemig
ANP vai priorizar volta da produção de campos maduros
Petrobras aumenta preços da gasolina em 3,3% e do diesel em 2,3% nas refinarias
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:

Cadastrar
› Mais Lidas
Mineira Supremo Carnes abre planta em Campo Belo
Banco Central registra avanço de 0,2% no Sudeste
ENTREVISTA | FRANK SINATRA, PRESIDENTE DA FCDL-MG
Cemig oferece R$ 11 bilhões para evitar leilão
Commodities impulsionam o Ibovespa
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


22 de August de 2017
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.