23/07/2018
Login
Entrar




DC Turismo

13/01/2018

Grupo Rio Quente, controlado pela Algar, conclui aquisição da Costa do Sauípe

Daniela Maciel
Email
A-   A+
Operação de Costa do Sauípe será mantida para garantir a excelência do atendimento/
O Grupo Rio Quente, que administra o complexo turístico Rio Quente, na cidade de mesmo nome, em Goiás - pertencente à holding Algar, sediada em Uberlândia, no Triângulo -, acaba de assumir o comando do complexo Costa do Sauípe, no município de Mata de São João, na Bahia. A aquisição realizada em novembro de 2017 e aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) em dezembro, envolveu valores da ordem de R$ 140,5 milhões - recursos próprios.

Há uma semana, teve início o processo de integração das equipes e sistemas envolvendo 20 executivos do Grupo Rio Quente. A operação dará origem a um gigante do segmento de resorts no Brasil. De acordo com o diretor de Experiência Marketing e Vendas do Grupo Rio Quente Resorts, Flávio Monteiro, a integração deve ser feita em um prazo de 180 dias.

“As equipes estão entusiasmadas. É um projeto longo para conhecermos profundamente o complexo, os processos e principalmente as pessoas. Toda aquisição gera insegurança. Já passamos dessa fase porque estamos cuidando principalmente das pessoas. Não temos previsão de demissões e vamos fazer a integração área por área”, explica Monteiro.

A operação de Costa do Sauípe será mantida para garantir a excelência do atendimento a todos os hóspedes na temporada de verão 2018, inclusive no mesmo regime (all inclusive). Nesta integração já está previsto a construção do Centro de Produção de Alimentos (CPDA), que conta com um investimento de aproximadamente R$ 20 milhões, com obras previstas para 2019 e funcionamento para 2020. Com a consolidação dos dois complexos, a receita bruta deve ser superior a R$ 600 milhões em 2018. A projeção do Capex (montante despendido na aquisição e/ou introdução de melhorias) entre 2017 e 2020 é de R$ 900 milhões.

Com a união, que preservará as duas marcas, o grupo passa a administrar 12 hotéis e cinco pousadas, que somam mais de 2,7 mil apartamentos, 1,9 milhão de hóspedes visitantes/ano, 4 mil colaboradores e 29 mil membros nos programas de férias compartilhadas dos dois complexos. O Rio Quente usará sua expertise na administração de hotéis e dos três parques que já possui em Rio Quente - Hot Park, Parque das Fontes e Eko Adventure Park - para implementar ações de Estratégia e Inovação em Sauípe. Para esta área, estão previstos investimentos na ordem de R$ 1,5 milhão em projetos de inovação para as duas unidades; e R$ 3,5 milhões de Capex em 2018. A gestão otimizada de diversas áreas deve permitir uma economia na ordem de R$ 20 milhões/ano ao unificar as áreas BackOffice, eficiência operacional e renegociação de grandes contratos.

“Nosso foco em 2018 é fazer essa integração e garantir solidez aos nossos associados e clientes. Estamos alinhando processos e um passo importante que acontecerá em breve será a unificação dos canais de vendas. Por enquanto, nossos clientes serão avisados através de banners nos sites e daqui a pouco poderão fazer reservas de um complexo por meio dos canais do outro”, afirma o diretor de Experiência Marketing e Vendas do Grupo Rio Quente Resorts.

Compartilhamento - Sobre a unidade de férias compartilhadas - Rio Quente Vacation Ownershio (RQVO) -, a estratégia é crescer 10% em receita de vendas em Rio Quente e, somando Sauípe, 25%. Neste segmento em que a operação do Grupo Rio Quente já está consolidada, o crescimento se dará por meio dos canais de inovação como Mini-Vac, Sales Opportunities Center (televendas) e Itinerantes. Os membros do RQVO e Sauípe Club serão comunicados, em breve, sobre como realizar o intercâmbio entre as propriedades e suas vantagens.

“Apostamos na transferência de credibilidade entre um empreendimento e outro. Os perfis dos complexos são complementares. O hóspede que já frequenta e reconhece a qualidade de um, pode se encantar pelo outro e ter mais facilidade para conhecê-lo seja por meio dos programas de fidelidade, unidades compartilhadas ou canais de venda”, destaca o executivo.

Ambos os destinos - as águas goianas e o litoral baiano - são muito queridos do público mineiro, que sempre ocupa os primeiros lugares no ranking de visitantes nacionais. Campanhas específicas para o turista de Minas Gerais ainda não foram pensadas, porém, é certo que continuará sendo um hóspede bastante desejado.

“Os mineiros gostam tanto do Rio Quente como do Costa do Sauípe pela qualidade e comodidade, já que são destinos próximos de Minas Gerais e com acesso fácil. E nós também somos mineiros, já que a Algar (controladora do Grupo Rio Quente) é de Uberlândia. Então é natural para nós recebê-los e contar com esse prestígio”, destaca o gestor.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

21/07/2018
Cervejarias viram atração turística
Fabricantes abrem as portas para visitantes interessados na produção da bebida artesanal
18/07/2018
Hotelaria deve voltar a investir em 2018, aponta levantamento
Boa parte dos empreendimentos hoteleiros de todas as regiões deverá receber investimentos ainda neste ano. Essa disposição foi manifestada pelos empresários...
30/06/2018
Destinos históricos se preparam para os turistas
Cidades fora do Sul de Minas contam com programação especial no período para atrair visitantes
30/06/2018
Praça da Liberdade passa por reforma
Obras devem receber investimentos R$ 5,2 milhões e serão finalizadas em novembro
30/06/2018
Serro promove eventos nas férias de julho
O Serro, famoso nacionalmente pelo queijo que leva o nome da cidade, deve receber, só nos quatro dias da Festa de Nossa Senhora do Rosário, entre os dias 29 de junho e 2 de julho, 10...
› últimas notícias
Exportações de soja devem ser recorde no próximo ano
Renovação da concessão da EFVM pode ser resolvida na Justiça
Pessimismo aumenta na indústria mineira
Minas mantém sequência de superávit
Brasil fecha 661 vagas com carteira assinada
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


21 de julho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.