Publicidade
29 de April de 2017
Login
Entrar

DC Turismo

01/04/2017

Hotéis buscam opções à falta de turistas

Em busca de novas receitas, empreendimentos têm se esforçado para atrair também os próprios moradores
Daniela Maciel
Email
A-   A+
O Othon Palace, localizado no Hipercentro, criou a tarifa "Day Use" para as áreas de lazer/Divulgação
Hotéis são, por definição, lugares que os viajantes buscam para se hospedar quando estão fora do seu domicílio. Nos últimos tempos, entretanto, isso vem mudando. Em busca de novas receitas os empreendimentos, hoteleiros têm se esforçado para atrair também os próprios moradores das cidades. A estratégia costuma reunir tarifas mais baratas, mimos exclusivos e pacotes especiais.

De acordo com o gerente da Área dos Hotéis Midscale da Accor Hotels em Minas Gerais e Espírito Santo, Guilherme Mendes, a estratégia já surtiu efeito sobre a taxa de ocupação nos hotéis Caesar Belvedere, na região Centro-Sul da Capital, o no Mercure Vila da Serra, em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH).

“Normalmente pensamos nos hotéis como espaço apenas para viajantes, mas entendemos que temos um potencial a ser oferecido para os moradores. Um ponto importante no qual investimos são os restaurantes. Buscamos a alta gastronomia como um atrativo para os moradores. Em Nova Lima temos uma parceria com a Pizzaria Olegário e, no Belvedere, com o restaurante Dom. As pessoas vêm para curtir uma noite agradável e pernoitam no hotel sem se preocupar em dirigir de madrugada e aproveitam todos os serviços que oferecemos no dia seguinte”, explica Mendes.

Para atender esse público, o Caesar Belvedere criou uma ala de suítes projetadas especialmente pelo arquiteto, especialista em projetos hoteleiros, Júnior Piacesi, que planejou o retrofit dos apartamentos. As suítes ganharam uma nova infraestrutura com projetos de iluminação e sonorização especiais, móveis de design, controle remoto para as cortinas, além de todo um cuidado especial com a decoração.

“Como um estudo bem detalhado do espaço, criamos um layout sem barreiras. Integrando todos os ambientes, tornamos o local mais fluído, unido e elegante. O que cria uma sensação maior de amplitude e garante todo o conforto desejado pelo hóspede”, descreve Piacesi.

“Essas suítes são procuradas não só para momentos especiais como a noite de núpcias, mas também por pessoas que querem simplesmente sair da rotina, curtir a noite ou, até mesmo, fazer uma festa em um lugar diferente”, afirma o gerente da rede Accor Hotels.
No Hipercentro, o tradicional hotel de Belo Horizonte, Othon Palace, também investe na estratégia. Segundo a gerente de vendas da unidade, Vânia Teixeira, os fins de semana tem se tornado mais animados com a presença dos belo-horizontinos. Especialmente para os moradores da Capital foram criados o pacote especial “Eu & Você”, a tarifa “Day Use” para as áreas de lazer e o “happy hour” às quartas-feiras.

“Temos muitos atrativos culturais ao nosso redor e as pessoas têm buscado comodidade. Pensamos nisso ao desenvolver nossas promoções. Temos um público de executivos que trabalham no Centro, por exemplo, que pode relaxar aqui conosco, ver o melhor jogo da rodada do futebol, desfrutar um bufê de comida mineira e deixar o rush do trânsito passar. Amigos e famílias também podem curtir a área de lazer no sábado e ainda aproveitar a famosa feijoada do Varandão (restaurante do hotel), por exemplo, no Day Use. Temos um histórico afetivo com a cidade e ter a população aqui é, além de gerar receita, uma maneira de estreitar ainda mais esse relacionamento”, avalia Vânia Teixeira.

Na região da Pampulha, o Quality Hotel Pampulha segue o mesmo caminho e tem no recente reconhecimento pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) do conjunto arquitetônico da Pampulha como Patrimônio Cultural da Humanidade, o seu primeiro atrativo.

Para a gerente de vendas do Quality Hotel Pampulha, Márcia Castro, eventos que acontecem na orla da Lagoa e o restaurante, que também é uma unidade da Pizzaria Olegário, trazem um público que quer se divertir sem se preocupar. Para agradar, tarifas especiais são oferecidas inclusive nos feriados.

 “Divulgamos a Pampulha não só pra quem vem de fora, mas também para os moradores. O restaurante tem promoções especiais, os casais e as famílias acabam ficando para evitar a insegurança da volta para a casa e aproveitam toda a comodidade que um hotel pode oferecer, como o conforto dos quartos, o café da manhã que já está servido, e ainda poder conhecer mais a região durante o dia. Tudo sem se preocupar com o carro, já que ele pode ficar no nosso estacionamento sem custo extra”, destaca Márcia Castro.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

29/04/2017
Turismo terapêutico cresce no Estado
Custo médio, por pessoa, para uma viagem mais básica, gira em torno de R$ 3 mil - parte terrestre
29/04/2017
Conceição do Mato Dentro volta a investir no setor
“Aos pés da Serra do Cipó”, em Conceição do Mato Dentro, na região Central, é um projeto para tornar o local um destino de férias para...
29/04/2017
Portobello tem porte de resort de praia com clima de safári
Complexo fica em Mangaratiba, no Rio
29/04/2017
Empreendimento conta com aeródromo
A pista de pouso e decolagem do Portobello Resort & Safári integra o projeto Fly Inn e acaba de ser lançado por Carlos Jardim Borges. Conceito importado dos Estados Unidos e...
14/04/2017
Capitólio tem boas opções de atividades ao ar livre
Grande atração é o Lago de Furnas
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.