Publicidade
28 de April de 2017
Login
Entrar

Política

08/04/2017

Impacto de mudanças na Previdência pode chegar a R$ 160 bilhões

Email
A-   A+
Brasília - As alterações em negociação na proposta de reforma da Previdência deverão reduzir de 15% a 20% a economia calculada inicialmente de R$ 750 bilhões a R$ 800 bilhões em dez anos com a mudança do regime previdenciário, afirmou na sexta-feira o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.

Os valores apresentados por Meirelles colocam o impacto entre um mínimo de R$ 112 bilhões  e um máximo de R$ 160 bilhões ao longo de dez anos. Mesmo assim, o ministro disse que não há necessidade de medidas compensatórias.

“É bastante razoável, já está precificado e está dentro das nossas expectativas. Não se pode pretender que um projeto dessa magnitude apresentado pelo Executivo não tenha alteração de nenhuma vírgula em nenhuma fase”, disse Meirelles.

Nos primeiros cinco anos da reforma, explicou Meirelles, o impacto seria de 4% a 8% da economia prevista. A área política do governo, na última quinta-feira, já afirmava que o governo perderia pelo menos 17% da economia estimada em R$ 678 bilhões em dez anos.

Até esta semana, o governo defendia categoricamente a necessidade de aprovar a reforma como havia sido enviada ao Congresso, sob pena de as mudanças não gerarem a economia necessária. Meirelles, contudo, agora afirma que as mudanças estão dentro do previsto e que não há necessidade de medidas compensatórias.

Alterações - Na última quinta-feira, o presidente Michel Temer chamou o relator da reforma na Comissão Especial da Câmara, Arthur Maia (PPS-BA), e o presidente da Comissão, Carlos Marun (PMDB-MS), e os autorizou a incluir no relatório as alterações que estavam sendo cobradas por parlamentares.

Ao conferir os números das bancadas, o governo concluiu que não haveria chance de aprovar a reforma sem mudanças. (Reuters)

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

28/04/2017
Greve Geral: trabalhadores protestam contra reformas
Impacto da mobilização nacional na tramitação dos projetos no Congresso preocupa o Planalto
27/04/2017
Deputados aprovam texto-base da reforma
Projeto seguirá para o Senado
26/04/2017
Senado avança na proposta que acaba com o foro privilegiado
Em uma votação relâmpago, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou hoje (26) a Proposta de Emenda à...
26/04/2017
Reforma trabalhista deve ser votada hoje
Após a aprovação do parecer pela comissão especial da Câmara, proposta entra na pauta do plenário
26/04/2017
Bancada do PSB racha com questão fechada
Brasília - Mesmo que alguns aliados do governo Temer tenham assumido abertamente sua posição favorável à proposta da reforma trabalhista, ainda há...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.