19/07/2018
Login
Entrar




Minas 2032

20/11/2014

Indústrias de ponta atraem investidores para o Estado

Unitec está se instalando em Neves
Thaíne Belissa
Email
A-   A+
A Unitec deverá começar a operar em setembro do ano que vem, mediante investimento superior a R$ 1 bilhão/Divulgação
Entre os principais atores que atuam no cenário da nova economia mineira estão as empresas de base tecnológica, com seus produtos inovadores e de alto valor agregado. Essas organizações não apenas atraem olhares de investidores para o Estado, como também geram renda, emprego de qualidade e criam um ambiente propício para o surgimento de novos empreendimentos.  o caso da Unitec, antiga SIX Semicondutores, que está se instalando em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Melo Horizonte (RMBH). A fábrica, que deve começar a operar em setembro de 2015, recebeu investimento de mais de R$ 1 bilhão e focará no processamento de wafers de silício para a produção de chips.

Segundo o chief executive oficcer (CEO) da empresa, Frederico Blumenschein, os escritórios começam a ser ocupados em fevereiro do ano que vem e o maquinário chega a partir do primeiro trimestre de 2015. A partir de setembro, a expectativa de produção é de 400 wafers por dia, sendo que cada um pode conter de cinco a sete mil chips, que serão aplicados na indústria, agricultura, smart cards e no setor de saúde. A fábrica deve gerar cerca de 290 empregos até o fim de 2015.

Saiba mais: Biomm constrói fábrica inédita no Brasil

Outra novidade é que a empresa está analisando a possibilidade de agregar alguns processos de encapsulamento do chip, que é uma fase posterior à produção do dispositivo, quando ele é inserido em uma espécie de capa que vai proteger seus contatos metálicos para a leitura no computador. Segundo Blumenschein, o investimento ainda está sendo analisado, mas provavelmente deve ser direcionado aos chips de smart cards, especificamente para os setores bancário, de telefonia e de transporte público. Caso seja aprovado, o processo deverá acontecer em uma nova estrutura, fora da atual fábrica que está sendo finalizada em Ribeirão das Neves.

Leia também

DC Logistics mantém ação para plantio de árvores
BH Shopping reaproveita resíduos para produzir fertilizante
Diversidade: caminho ainda é longo
Promoção está prevista no Objetivos do Desenvolvimento Sustentável 8
MRV reduz emissão de gases do efeito estufa

Impacto - O CEO afirma que a indústria de semicondutores tem a vocação de gerar impacto socioeconômico onde se instala. Segundo ele, esse tipo de empreendimento atrai mão de obra qualificada, o que incentiva o desenvolvimento das instituições de ensino. Em Minas Gerais, esse impacto já começa a ser percebido por meio da parceria da Unitec com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). A instituição de ensino está adequando os currículos de alguns cursos na área de engenharia a fim de que os alunos se formem com os conhecimentos básicos para atuar nessa indústria.

Além disso, Blumenschein cita a atração de fornecedores de insumos e serviços essenciais, como energia e água. "Tudo isso cria um ecossistema interessante e uma infraestrutura eficiente que acaba atraindo novas empresas no local. Há diversas experiências positivas provocadas pela indústria de semicondutores em locais como Vale do Silício, nos Estados Unidos, e na Alemanha. Em Minas, o impacto também será muito grande, principalmente porque Ribeirão das Neves ainda é uma cidade pouco desenvolvida", avalia.

Para o CEO, as empresas da área de tecnologia são importantes para complementar a economia do Estado, que já é bastante diversificada. Ele destaca a importância de Minas Gerais já ser referência em segmentos como mineração, agricultura e automotivo e acredita que a indústria tecnológica vem não para substituir esses setores, mas ajudá-los a se desenvolverem. "A ideia não é desacelerar essas atividades tradicionais, mas torná-las ainda mais competitivas por meio da tecnologia", diz.




Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

13/07/2018
DC Logistics mantém ação para plantio de árvores
Já foram 25 mil mudas plantadas
13/07/2018
BH Shopping reaproveita resíduos para produzir fertilizante
Reduzir o impacto ambiental e reutilizar materiais que seriam descartados, além de gerar custo zero nos negócios, é bem-visto aos olhos do consumidor e pode fazer com que a...
06/07/2018
Diversidade: caminho ainda é longo
Levantamento mostra que empresas não mantêm programas para melhorar o quadro
06/07/2018
Promoção está prevista no Objetivos do Desenvolvimento Sustentável 8
A promoção da diversidade é um dos interesses dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) promovidos pela Organização das Nações...
13/06/2018
MRV reduz emissão de gases do efeito estufa
Empresa mantém programa em seus escritórios, lojas e obras para diminuir o impacto ambiental da atividade
› últimas notícias
Empresários querem regular mercado do carbono
Indústria pode recorrer à Justiça por repasse de verbas
Antecipação do abono anima CDL-BH
Em Minas, setor automotivo espera impulso com o Rota 2030
PBH cumpre 1ª etapa de auditoria
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


20 de julho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.