Publicidade
13/12/2017
Login
Entrar

Economia

08/12/2017

Indústria fecha 2017 com bons resultados e prevê geração de 20 mil postos de trabalho em 2018

ABr
Email
A-   A+
São Paulo - A indústria têxtil deve encerrar 2017 com crescimento de 3,5% na produção de vestuário, alcançando 5,9 bilhões de peças. Já a produção têxtil deverá crescer 4,2%, com 1,77 milhão de toneladas. Segundo dados da Associação Brasileira da Indústria Têxtil (Abit), o varejo de vestuário vai fechar o ano com 6,71 bilhões de peças vendidas, 6,5% a mais do que em 2016. O faturamento deve chegar a R$ 144 bilhões, superando os R$ 137 bilhões do ano passado.

De acordo com o balanço da entidade, os investimentos do setor em 2017 chegaram a R$ 1,9 milhão e foram gerados 3,5 mil postos de trabalho, totalizando 1,48 milhão de pessoas empregadas no setor.

As exportações do setor vão encerrar 2017 em 190 mil toneladas, o que representa uma queda de 5% na comparação com 2016. No entanto, considerando o faturamento, o comércio para o mercado externo cresceu e alcançou US$ 1 bilhão. Já as importações tiveram aumento tanto na quantidade (22%, com 1,34 mil toneladas) quanto nos valores (21%, com US$ 5,1 bilhões). A importação de vestuário aumentou em 62%, com 920 milhões de peças, o que gerou US$ 1,72 bilhão.

Perspectiva - Para 2018, a expectativa da Abit é de crescimento de 2,5% na produção de vestuário, 4% na produção têxtil e de 5% no varejo de vestuário. A entidade também estima que o faturamento chegue a R$ 152 bilhões e que sejam investidos R$ 2,25 milhões.

A perspectiva é de que 20 mil postos de trabalho sejam criados no setor em 2018. As exportações devem crescer 5% tanto em quantidade quanto em valores. As importações devem aumentar 10% em valores e 12% em quantidade; e as importações de vestuário devem ser 10% maiores em quantidade e 15% em valores.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

13/12/2017
Melhora na economia global favoreceu negócios na Bolsa
São Paulo - Além de investidores apontarem sinais de melhora na economia brasileira, com a queda dos juros e da inflação no País, a maior disponibilidade global...
13/12/2017
Conselho da concessionária de Guarulhos aprova aumento de capital de R$ 850 milhões
São Paulo - O conselho fiscal da concessionária do Aeroporto Internacional de Guarulhos aprovou aumento de capital de R$ 850 milhões, mediante a emissão de 1,104...
13/12/2017
Cade libera compra de complexo na Costa do Sauípe pela Termas do Rio Quente
Brasília - O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a compra do complexo turístico Costa do Sauípe, na Bahia, para...
13/12/2017
BR Distribuidora deverá ser a maior abertura de capital no Brasil desde o ano de 2013
São Paulo - A abertura de capital da distribuidora de combustíveis BR , da Petrobras, deverá marcar a maior oferta inicial de ações (IPO, na sigla em...
13/12/2017
Senado aprova socorro bilionário à Caixa Federal
Brasília - O socorro bilionário à Caixa Econômica Federal, com dinheiro dos trabalhadores depositados no FGTS, precisará passar novamente pelo crivo da...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.