Publicidade
26/07/2017
Login
Entrar

DC RH

02/04/2017

Indústria 4.0 significará novos postos de trabalho no Brasil nos próximos anos

Email
A-   A+
Brasília - Em uma economia baseada em dados, gerar valor por meio de processos digitais tornou-se um desafio para a indústria mundial. A velocidade de adoção das tecnologias que estão relacionadas ao conceito de indústria 4.0 tem tido variações entre os países e setores industriais. Então, não há ainda estratégias claras que mostrem o passo a passo dessa revolução. Isso torna ainda mais complexo o desafio de transformação digital da indústria no Brasil.

Ao mesmo tempo, apesar dos recentes sinais de recuperação, a indústria no País ainda precisa retomar sua trajetória de crescimento consistente. Para o presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Guto Ferreira, o projeto que se tinha não foi concretizado. “Até o ano passado, o projeto de crescimento para o País não se concretizou. As empresas investiram na expansão de fábricas, mas o mercado não acompanhou tal expansão”. Dessa forma, o desafio para a indústria nos próximos anos se desdobra em, pelo menos, duas dimensões. A primeira diz respeito a busca pela maior produtividade a partir do aumento da eficiência operacional das plantas. A outra dimensão diz respeito a um processo global de transformação digital da indústria propiciando oportunidades para o desenvolvimento de novos produtos, serviços e modelos de negócios.

Nesse contexto, as tecnologias da indústria 4.0 podem auxiliar a superação desses desafios. Tais tecnologias podem contribuir tanto para geração e criação de novos negócios, como também para o aumento da eficiência operacional. O momento da indústria, agora, demanda uma ênfase na redução de custos e aumento da produtividade. Algumas das tecnologias da chamada “Indústria 4.0” já estão em adoção no País.

“A indústria tem pela frente escolhas estratégicas. A transição da indústria brasileira para esse novo patamar ocorrerá de forma progressiva e heterogênea, com alguns setores e indústrias, seguindo uma trajetória mais acelerada. Levar a indústria a esse novo padrão tecnológico é um desafio para o País”, comenta o coordenador de Inovação e da Indústria de Alto Impacto da ABDI, Bruno Jorge. Considerando a importância do tema a ABDI trabalha para apoiar a indústria nessa transição. “Órgãos e entidades também têm realizado ações junto à indústria e seus profissionais. Podem ser citadas as iniciativas dos institutos Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) com seu apoio tecnológico para projetos nessa área e da Associação Brasileira de Internet Industrial (ABII) com projetos demonstradores de tecnologias.

Em um cenário em que tecnologias como robôs e sistemas de inteligência artificial assumem tarefas que tradicionalmente são feitas por pessoas, a discussão sobre o impacto da indústria 4.0 na força de trabalho tem sido grande. O fato é que tarefas repetitivas e de baixo valor agregado serão transferidas para máquinas e sistemas. Por outro lado, com esse grande volume de dados, tarefas de maior valor agregado que envolvem análise, criatividade e tomada de decisões irão demandar novas competências e também novos profissionais. De acordo com Bruno Jorge, há 10 anos muitas das profissões ou especializações profissionais atuais ainda não existiam.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

18/07/2017
Reforma 'é benéfica', avaliam especialistas
Texto é, em grande parte, positivo e traz oxigenação à legislação em vigor, que estava defasada
18/07/2017
10 mudanças importantes para o mercado
Muito se tem falado sobre a reforma trabalhista, contudo, é importante que se receba com bons olhos a evolução das antigas leis trabalhistas, que apesar das...
18/07/2017
'Jornada intermitente é polêmica'
São Paulo - Sindicatos de trabalhadores do setor de comércio e serviços temem o uso do contrato de jornada intermitente, que julgam precarizar as condições...
11/07/2017
Gestão de carreira: Cuidar da imagem pessoal abre oportunidades
Hoje, mercado exige muito mais do que um bom currículo
23/05/2017
TI e RH: entenda os benefícios dessa união
Cada vez mais, a tecnologia é usada como instrumento para identificar e reter pessoas
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.