Publicidade
22/08/2017
Login
Entrar

DC Turismo

14/07/2017

Intenção de viagem é a maior do ano

Percentual de potenciais viajantes supera junho do ano passado e mais da metade dos entrevistados pretende ir para o Nordeste
Redação
Email
A-   A+
Pesquisa do Ministério do Turismo realizada em sete capitais mostra que cerca de 25% dos brasileiros entrevistados em junho pretendem viajar nos próximos seis meses, o que representa o melhor resultado deste ano.

Além de ser o maior do ano, o percentual de intenção de viagem cresceu nas quatro faixas de renda familiar pesquisadas e também na comparação com junho do ano passado. De 19,7% para os atuais 23%. Dos brasileiros que pretendem fazer as malas até dezembro, 79,4% devem visitar destinos nacionais.

“Consideramos esses dados da sondagem mensal de intenção de viagem, que aponta crescimento tanto no ano como na relação com 2016, importantes indicativos do aumento da confiança do brasileiro na recuperação da economia”, avalia o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

Nordeste é a região mais procurada pelos potenciais viajantes brasileiros. Crédito: Embratur


A Sondagem do Consumidor – Intenção de Viagem de junho revela também que a região Nordeste será a mais demandada pelos potenciais viajantes. Mais da metade, 50,6%, pretende viajar para destinos nordestinos. O Sudeste é o segundo colocado com 22,5% das indicações seguindo do Sul com 10%.

A maioria dos viajantes fará seus deslocamentos de avião, o meio de transporte preferido por 57,5% dos entrevistados, leve crescimento em relação ao mesmo período de 2016 - 55,9%. Houve queda, com relação a junho do ano passado, na escolha do automóvel, de 29,5% para os atuais 26,3%. Já na escolha do meio de hospedagem, mais da metade (52,3%) dos brasileiros que viajarão nos próximos seis meses, devem optar por hotéis e pousadas, enquanto 34,9% ficarão em casa de amigos e parentes.

A sondagem é realizada mensalmente pela Fundação Getulio Vargas (FGV) em Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. Juntas, essas capitais representam 70% do fluxo turístico doméstico brasileiro.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

12/08/2017
Azul retomará voos entre BH e Orlando a partir de dezembro
Rota foi suspensa em fevereiro de 2016
12/08/2017
Código de Posturas prejudica atividade hoteleira
Com a aproximação do período de alta temporada para os hotéis, empresários do setor na Capital negociam mudanças no Código de Posturas de Belo...
10/08/2017
Minas lança maior rota de turismo religioso
Circuito passa por 32 municípios
10/08/2017
Primeira caminhada dentro do Crer será a Romaria 550
De acordo com o representante do Conselho Crer, Eberhard Aichinger, a primeira caminhada dentro do Crer será a Romaria 550, em comemoração aos 250 anos de...
29/07/2017
Pesquisa revela destinos turísticos inteligentes em MG
Foram percorridas 450 cidades no mês de junho
› últimas notícias
Preço de imóvel para venda na Capital foi o menor de 2017
Déficit habitacional em Minas chegou a 8%
Liminar suspende o leilão de quatro usinas da Cemig
ANP vai priorizar volta da produção de campos maduros
Petrobras aumenta preços da gasolina em 3,3% e do diesel em 2,3% nas refinarias
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:

Cadastrar
› Mais Lidas
Mineira Supremo Carnes abre planta em Campo Belo
Banco Central registra avanço de 0,2% no Sudeste
ENTREVISTA | FRANK SINATRA, PRESIDENTE DA FCDL-MG
Cemig oferece R$ 11 bilhões para evitar leilão
Commodities impulsionam o Ibovespa
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


22 de August de 2017
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.