Publicidade
21/09/2017
Login
Entrar

DC Turismo

26/08/2017

Kayak quer ampliar a presença em Belo Horizonte

Procura pela cidade está em alta
Thaíne Belissa
Email
A-   A+
Fleury: há tendência de crescimento nos mercados emergentes/Vivian Koblinsky/Kayak
Belo Horizonte está na mira da Kayak, líder global em pesquisas de viagem on-line, que oferece uma ferramenta inovadora para comparação de preços de passagens aéreas, hotéis e empresas de aluguel de carro. A empresa está no Brasil há três anos e, agora, iniciou uma campanha de divulgação da marca, a fim de promover a ferramenta no País. Entre as cidades de interesse da marca está a capital mineira, que tem crescido como destino buscado na plataforma.

Durante a última semana, o gerente da Kayak no Brasil, Eduardo Fleury, visitou diferentes capitais, divulgando a solução. Ele esteve em Belo Horizonte na última quinta-feira, quando apresentou a solução à imprensa e anunciou o início de uma campanha publicitária focada no usuário final.

Apesar de não abrir números específicos por cidade, o gerente mostrou a relevância da capital mineira para marca por meio de uma pesquisa recente realizada pela Kayak. O levantamento trouxe um ranking das cidades que tiveram o maior crescimento em número de buscas na plataforma, comparando o mês de fevereiro deste ano em relação ao mesmo mês no ano passado. Belo Horizonte apareceu em segundo lugar entre as cidades brasileiras, ficando atrás apenas de Ilhéus, na Bahia.

A Kayak faz parte do The Priceline Group, organização norte-americana que reúne cinco marcas ligadas ao turismo, entre elas a mais famosa Booking. A Kayak está presente em 60 países e se destaca no segmento por ser a única plataforma de comparação de preços que reúne tantas categorias em um só lugar. Pela ferramenta é possível comparar preços de passagens aéreas, hotéis e carros de aluguel. Além disso, ela tem um filtro só para pacotes de viagem.

A empresa não divulga números específicos do Brasil, mas ele garante que a América Latina tem grande relevância para a marca, sendo a quinta maior audiência da plataforma. “Há uma tendência de crescimento em mercados emergentes como a América Latina e a Ásia-Pacífico. Nesses lugares as pessoas estão, cada vez mais, valorizando a experiência no lugar da compra de bens, então estão investindo mais em viagens”, diz. De acordo com ele, a Kayak no Brasil cresceu três dígitos por ano nos últimos três anos e a expectativa é que esse crescimento seja ainda maior nos próximos anos.

“Nossa meta é tornar a marca mais conhecida e, por isso, contratamos uma equipe de marketing para a operação no Brasil. Recentemente também fizemos uma aquisição: compramos o Mundi, que também é uma plataforma de comparação de preços de serviços de viagens”, diz. O gerente explica que a Kayak é uma plataforma completa para usuário que está planejando viajar, pois oferece informações valiosas sobre os destinos e sobre os melhores preços.

Leia também:
São Paulo é o destino dos belo-horizontinos


Alertas - Além disso, a plataforma permite que o usuário selecione os destinos que deseja receber alertas e, partir disso, ele passa a ser avisado sobre quando há um preço de oportunidade e quando é melhor esperar mais um pouco para comprar. A ferramenta também é útil para a gestão da viagem, já que ela permite a montagem de itinerários, a sincronização das reservas com o e-mail pessoal e o envio de alertas em tempo real com informações sobre check-in, portão de embarque, atraso de voo, entre outros. Fleury explica que o uso da ferramenta é totalmente gratuito para o consumidor. O modelo de monetização da empresa está na publicidade, por meio da exposição de marcas ligadas ao universo de viagens.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

16/09/2017
Nobile Express chega a Juiz de Fora
Empreendimento com 101 apartamentos, de categoria budget, exigiu R$ 20 milhões em investimentos
16/09/2017
Mapa do turismo ganha 276 municípios
O mapa do turismo de Minas Gerais quase dobrou de tamanho. Em comparação ao ano passado, foram incluídos 276 municípios, passando de 279 para 555 cidades com...
16/09/2017
XIV Semana do Turismo acontece entre os dias 25 e 29 de setembro
Discutir o turismo a partir dos conceitos de mobilidade e hospitalidade, da internacionalização da cultura, do turismo cultural, das relações econômicas...
02/09/2017
Reforma do Minascentro gera prejuízos para o trade
Eventos no local serão transferidos
02/09/2017
Caldas Novas é destaque em ranking
São Paulo - O verão está chegando ao fim no hemisfério norte e a estação representou a maior temporada de viagens da história do Airbnb. Nos...
› últimas notícias
Integração deve gerar US$ 600 milhões ao ano à Vale
Fiemg apresenta plano para o Alto Paranaíba
3Corações e Toko: sem ato de concentração
Thyssenkrupp e Tata anunciam a criação de joint venture europeia
Venda de fatia da Alpargatas é concluída
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:

Cadastrar
› Mais Lidas
Usiminas reajustará preços em 10,2%
Setor de mineração deve mudar o foco dos investimentos
BR Food cogita reduzir produção em fábricas de Uberlândia
Crise econômica impacta o financiamento estudantil
Fiemg apresenta plano para o Alto Paranaíba
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


22 de September de 2017
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.