Publicidade
11/12/2017
Login
Entrar

Opinião

17/03/2017

Mal sem remédio

Cesar Vanucci*
Email
A-   A+
"... Daí ser a venda de remédios um negócio de primeira ordem." (Antônio Callado, em 'Quarup') Tadinho do consumidor de remédio! Não passa de vítima indefesa de implacável engrenagem mercadológica. E não adianta chiar. Ninguém por ele. Os problemas de sua maltratada rotina de comprador, de tantos impactos na economia doméstica, passa ao largo das preocupações das...

Exclusivo para assinantes.


Para ler esta e outras matérias, cadastre-se gratuitamente ou assine.

Ler 5 matérias por mês

     

Receber nossas newsletters



Assinar
Cadastrar

Ou faça login

Leia também

08/12/2017
Editorial
Pisando no acelerador
08/12/2017
Um poder limitado
Em 27 de novembro passado, os Procuradores da República que atuam na Operação Lava Jato, divulgaram um manifesto em que exaltam a atividade exercida desde 2014 no combate...
08/12/2017
As novas moedas digitais
Venho estudando o blockchain do bitcoin há algum tempo e confesso: é bastante complicado. Esse desconhecimento tem levado muitas pessoas a tratar o assunto como uma aventura digital,...
08/12/2017
Alternativas para os pequenos negócios
Um pequeno mercadinho de bairro, uma farmácia, um restaurante ou uma academia. Todos, antes de alimentarem uma pretensão global, são locais. Antes de romper a cerca de seu...
07/12/2017
Editorial
Sinais de uma nova realidade
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.