Publicidade
18/08/2017
Login
Entrar

DC Franquia

11/01/2017

Megamatte prevê aumentar o número de lojas em Minas

Devem ser abertas 21 unidades
Daniela Maciel
Email
A-   A+
Investimento médio para o modelo loja compacta é de R$ 230 mil e para o quiosque os aportes somam R$ 130 mil/Divulgação
A Megamatte, rede fluminense dedicada à alimentação saudável, com 130 lojas espalhadas pelo Brasil, tem como meta para 2017 alcançar a marca de 200 unidades em operação. Em Minas Gerais são quatro unidades: duas na Capital, uma em Juiz de Fora, na Zona da Mata; e outra em Ipatinga, no Vale do Aço. A expectativa, segundo o diretor de Consultoria e Expansão da rede, Daniel Lazary, é alcançar a marca de, pelo menos, 25 unidades no Estado. Daí a importância dada à participação na Franchising Fair realizada em Belo Horizonte, em novembro.

“Buscamos encaminhar 30 contratos durante a feira. Como, por força de lei, eles não podem ser assinados durante o evento, esse número pode variar um pouco. Apresentamos ao público o nosso modelo de loja compacta (até 35 metros quadrados) e acreditamos que vamos consolidar Minas como um dos estados mais importantes dentro da nossa estratégia”, explica Lazary.

Sem divulgar o nome do parceiro, o executivo revelou a negociação em andamento com uma grande rede de supermercados. O negócio pode render a abertura de três unidades de quiosques em Belo Horizonte. A parceria ainda possibilitaria o acesso a 50 lojas em todo o Brasil.

“Em BH temos duas operações de muito sucesso e que tem atraído outros interessados. O quiosque nos parece um formato muito bom para a cidade. Com o preço do aluguel muito alto esse é um modelo que pode facilitar a operação. O store in store é bastante capilar”, afirma o diretor de Consultoria e Expansão da Megamatte.

Dificuldades - Apesar dos bons números, o executivo avalia o ano que passou como de muitas dificuldades. Em 2015 o faturamento da rede foi de R$ 130 milhões e 2016 fechou com um aumento de quase 30%. Ainda de acordo com ele, a rede vem crescendo, em média, 20% ao ano. “Foi um ano muito ruim no contexto nacional, que atrapalhou muito o varejo. Como somos uma rede de alimentação e, principalmente, uma rede de franquias, que tem um modelo muito forte, conseguimos passar com mais tranquilidade, porém, não sem dificuldades. Comemoramos o fato de não termos fechado nenhuma unidade.

Crescemos, talvez, um pouco menos que nossas concorrentes, mas acreditamos na solidez das nossas operações. Uma franqueadora tem que se importar com isso quando admite um novo franqueado”, analisa o gestor.

Existe espaço para regionalização do cardápio, mas cerca de 80% dele é fixo e congelado. As lojas não trabalham com estoque e a reposição é semanal. Produtos frescos são comprados em fornecedores locais homologados pela franqueadora.

O investimento médio estimado para o modelo loja compacta é de R$ 230 mil e para o quiosque, R$ 130 mil. Para ser admitido como franqueado, o candidato precisa se identificar com a marca. Duplas em que um seja investidor e outro operador são muito bem-vindas. “Toda rede deve ter como parceiro quem seja consumidor e admirador da marca. Engajamento com o posicionamento da empresa é fundamental. O conhecimento técnico é repassado por nós”.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

18/08/2017
Franquias inovam para não perder clientes
Rever o formato e a busca por soluções inteligentes estão entre as estratégias adotadas pelas redes
18/08/2017
Único ganha espaço com usina móvel
Bem mais raras do que as operações de varejo, as franquias industriais encontram no mercado entre empresas, conhecido como B2B, um interessante nicho. Tendo como foco as empresas que...
04/08/2017
Projeto vai selecionar os melhores alunos da franquia Guga para atuar profissionalmente
Projeto vai selecionar os melhores alunos da franquia Guga para atuar profissionalmente
04/08/2017
Home Angels prevê faturar R$ 100 milhões
A Home Angels, franquia especializada em cuidadores de idosos, prevê chegar a 200 unidades neste ano em todo o Brasil. De acordo com o sócio-fundador da marca, Marco Imperador, a rede...
04/08/2017
Acesso Saúde amplia presença no Estado
O setor de franquias, apesar de impactado, continua resistindo à crise e o segmento de Saúde, Beleza e Bem-Estar é um dos que mais ajudam a manter os bons índices. De...
› últimas notícias
Cinco municípios geram empregos em Minas
Exportações das cidades-polo estão em alta
Governo federal está aberto a negociar usinas com Cemig
WV Empreendimentos lança 2º loteamento em Uberlândia
Eletrobras vai recorrer da cobrança de R$ 2,9 bilhões por parte da Aneel
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:

Cadastrar
› Mais Lidas
Desoneração da folha afeta a Previdência
BNDES aprova R$ 122,8 milhões para Instituto Senai
Roubo de cargas onera toda a sociedade
Receita da Pif Paf deve ir a R$ 4 bilhões
Magnesita Refratários reporta prejuízo líquido de US$ 41,4 milhões
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


19 de August de 2017
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.