Publicidade
24/11/2017
Login
Entrar

DC Lab

24/05/2017

Mercatório recebe capital da Bossa Nova

Empresa adquiriu o direito de uma cota de 4% a 5% da startup, cujo valuation atual é de R$ 1,2 mi
Ana Carolina Dias
Email
A-   A+
Fábio Veras (Fiemg Lab), os sócios da Bossa Nova e Gabriel Moterani da Mercatório (dir)/Divulgação
A Mercatório (www.mercatorio.com.br), startup responsável pelo desenvolvimento de uma plataforma on-line para a comercialização de precatórios, começa a colher os frutos da Maratona Fiemg Lab for Investors, com o fechamento de sua primeira rodada de negócios no evento que aconteceu no dia 8 de maio.

Focada em conceder capital para startups B2B que geram receita e possuem capacidade de escalar, a Bossa Nova Investimentos, por meio dos sócios João Kepler e Pierre Schurmann, adquiriu o direito de uma cota de 4% a 5% da Mercatório, cujo valuation atual é de R$ 1,2 milhão. A maturidade e um bom modelo de negócios foram critérios que contribuíram para a captação do investimento, além de um pitch considerado consistente, análise de dados do mercado e do potencial da startup.

O CEO da Mercatório, Gabriel Moterani, conta qual é o planejamento para o capital recebido: “Nós temos consciência que precisamos fornecer conteúdo para os nossos clientes para gerar engajamento. O investimento será usado principalmente na área de marketing com a realização de workshops e contratação de uma equipe qualificada, além do desenvolvimento de novos produtos, consultorias para compra de precatórios e compensação tributária”, explicou.

Além de automatizar a negociação, a startup oferece uma análise jurídica do precatório de forma digital, com a segurança do uso de dados criptografados. As conexões com a indústria e a confiança no modelo de negócios da empresa são motivos de estímulo para Moterani. “É bastante incentivador receber esse apoio, que mostra confiança no nosso projeto. Nós acreditamos muito no nosso negócio e a parceria é sensacional. O Fiemg Lab nos possibilitou uma conexão com a indústria, que tem grande demanda de precatórios e esse evento foi uma parte importante dessa história que está sendo construída”, disse.

Com oito meses de existência, a Mercatório se encontra em processo de finalização do desenvolvimento da plataforma, já está em fase de testes.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

12/07/2017
Diário do Comércio adere à trilha da inovação
Projeto do jornal acompanha o dia a dia das startups aceleradas no Fiemg Lab
11/07/2017
Psicologia Viva inicia processo de internacionalização
Plataforma inicia este mês operação no Chile, com apoio do governo
11/07/2017
Processos seletivos ganham aliado
A procura pelo candidato ideal para uma vaga de emprego pode significar uma caixa de entrada cheia de e-mails e diversos currículos a serem analisados para a triagem dos profissionais...
06/07/2017
Finep Startup investe R$ 1 milhão por empresa
Iniciativa, que contou com o apoio da Fiemg Lab e P7 Criativo, pretende reduzir gap de financiamento existente
05/07/2017
Startups abrem oportunidades de emprego
O crescimento do número de startups em Minas Gerais e no Brasil pode representar uma opção para quem procura por oportunidades de emprego diante do contexto de crise...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.