15/08/2018
Login
Entrar

Internacional

06/12/2017

Mercosul e UE renovam ofertas para acordo

Expectativa é que seja anunciado um pré-pacto na próxima semana, na reunião da OMC em Buenos Aires
AE
Email
A-   A+
Reunidos em Bruxelas, representantes dos dois blocos tentam negociar alguns pontos/Pietro Naj-Oleari
Brasília - Mercosul e União Europeia trocaram ontem, em Bruxelas, na Bélgica, novas ofertas para o acordo de livre comércio entre os dois blocos, informam fontes próximas à negociação. Com isso, melhoraram as chances de ser anunciado na próxima semana, durante reunião ministerial da Organização Mundial do Comércio (OMC) em Buenos Aires, que foi alcançado um pré-acordo, ou acordo político. Ou seja, que a base do entendimento foi fechada e que detalhes serão concluídos no início de 2018.

Na semana passada, fontes falaram em uma chance de 70% de fechamento do acordo. Agora, evitou-se falar em números, mas o cenário melhorou ainda mais. Não foram divulgados detalhes das ofertas trocadas mais cedo ontem. Elas podem tratar de cotas e tarifas para compra de mercadorias e regras para investimentos e compras governamentais, por exemplo.

No entanto, ainda não foi tocada a parte mais difícil do entendimento: a oferta europeia para o comércio de carne e etanol. O que está sobre a mesa é considerado inaceitável pelo Mercosul.

São 70 mil toneladas de carne e 600 mil toneladas de etanol, quando o mínimo esperado eram
100 mil toneladas de carne e 1 milhão de toneladas de etanol.

Trocas de mercadorias - Sem melhora nesses números, não deverá ser fechado o principal capítulo do acordo, que é o que trata das trocas de mercadorias, o chamado “acesso a mercados”. Sem entendimento nele, tudo o mais fica em suspenso.

A expectativa é que os europeus tragam novos números para reuniões que correrão em paralelo à reunião da OMC. Uma primeira conversa, de nível ministerial, está acertada para o próximo domingo (10). Ela não deverá ser conclusiva, mas, se tudo correr bem, o acordo político deverá ser anunciado até o fim do evento, no dia 13.

Representantes dos dois blocos econômicos iniciaram em 29 de novembro uma nova rodada intensiva de negociações em Bruxelas. Agricultura, serviços e acessos aos mercados dos dois blocos continuam sendo alguns dos temas que mais separam o Mercosul e a União Europeia.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

15/08/2018
EUA ameaça com novas sanções e Turquia promete retaliar
Pressão americana é para que turcos libertem pastor
15/08/2018
Militares são presos suspeitos de ataque
Caracas - O procurador-geral da Venezuela, Tarek Saab, revelou, na terça-feira (14), que dois militares de alta patente foram presos por suposto envolvimento em explosões de drones...
14/08/2018
Argentina eleva taxa de juros para 45% para conter o dólar
Decisão ocorre após a crise na Turquia movimentar os mercados globais
14/08/2018
Erdogan culpa "terroristas econômicos" por crise
Ancara - O presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, acusou, ontem, “terroristas econômicos” de conspirar para prejudicar o país, ao divulgar informações...
11/08/2018
Rússia ameaça retaliar os EUA caso haja restrições a bancos
Russos temem efeitos de novas sanções sobre economia
› últimas notícias
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


15 de agosto de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.