19/06/2018
Login
Entrar

Política

14/06/2018

Metade dos pré-candidatos não confirmou vice

AE
Email
A-   A+
O deputado Marcos Montes compõe chapa com Anastasia/José Cruz/Abr
Entre as oito pré-candidaturas anunciadas para o governo de Minas Gerais, quatro ainda não definiram nomes dos vices. O atual governador, Fernando Pimentel (PT), o ex-prefeito de Belo Horizonte Marcio Lacerda (PSB) e o deputado federal Rodrigo Pacheco (DEM) ainda estão em negociação para confirmar a composição de suas chapas. O MDB, que continua afirmando que terá candidatura própria, também não tem definição quanto ao possível vice. Nesta semana, Marcos Montes (PSD) foi anunciado vice na chapa de Antonio Anastasia (PSDB) e Paulo Brant (Novo) será o vice de Romeu Zema (Novo).

Pimentel espera as negociações do PT em nível nacional para confirmar com quem comporá sua chapa. “Temos discutido com vários partidos, dentro da lógica de ampla aliança nacional”, disse a presidente estadual do PT, Cida de Jesus. Uma das possibilidades é a indicação do empresário Josué Alencar, que se filiou ao PR.

Lacerda está em uma situação semelhante. Cotado para ser candidato a vice-presidente na chapa de Ciro Gomes (PDT), o pesebista afirma que espera a definição dos partidos que estarão na coligação em Minas Gerais. Caso a candidatura de Lacerda ao governo de Minas se confirme, o nome do deputado federal Jaime Martins (Pros) é cotado para ser vice.

“O Jaime estará em nossa chapa majoritária, mas não falamos de posição”, declarou o ex-prefeito, que continua negando que exista uma negociação entre PSB e PT para que ele apoie a candidatura à reeleição de Pimentel.

Na última semana, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado e preso pela Operação Lava Jato, teria dito a interlocutores que Lacerda e Josué Alencar seriam bons nomes para ser seu vice na disputa presidencial.

Rodrigo Pacheco, presidente do DEM em Minas, afirmou que gostaria de ter uma mulher como vice. O deputado considera importante ter uma representação feminina na chapa e espera que o nome venha de alguns dos partidos que estão com negociação avançada para compor a coligação. PP, PEN, Avante, PTC e PMB têm conversas avançadas com o pré-candidato.

O MDB ainda não confirmou quem será o pré-candidato do partido ao governo. A sigla se divide entre três nomes para a disputa ao Palácio da Liberdade: o presidente da Assembleia Legislativa de Minas, Adalclever Lopes, o atual vice-governador do Estado, Antonio Andrade, e o deputado federal Leonardo Quintão.

Na última segunda-feira (11), o deputado federal do PSD Marcos Montes, ligado à bancada ruralista e com representatividade no Triângulo Mineiro, foi anunciado como vice na chapa do tucano Anastasia. No mesmo dia, o Novo oficializou o economista Paulo Brant como vice de Romeu Zema.

Os primeiros partidos que definiram os nomes dos pré-candidatos a vice foram o Psol e a Rede. Dirlene Marques (PSOL) terá como companheira de chapa a professora Sara Azevedo, enquanto João Batista Mares Guia (Rede) terá como vice o empresário de Juiz de Fora Eduardo Lucas.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

19/06/2018
Ciro defende projeto de reindustrialização do Brasil
Pré-candidato do PDT quer parceria entre setores estatal e privado
19/06/2018
Marcos Valério é condenado a mais 16 anos
Ex-empresário já cumpre pena de 37 anos por envolvimento em esquema do PT
19/06/2018
Geddel e Luiz Estevão são alvo de buscas
São Paulo - A Polícia Civil, no Distrito Federal, fez buscas nas celas onde estão presos o ex-ministro Geddel Vieira Lima e o ex-senador Luiz Estevão, na...
19/06/2018
STF retomará julgamento sobre delação premiada
Brasília - A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, marcou para amanhã a retomada do julgamento de uma ação que discute a...
19/06/2018
Sistema prisional precisa de agenda
Brasília - A procuradora-geral da República e presidente do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), Raquel Dodge, apontou ontem algumas das principais...
› últimas notícias
Preço do diesel recua R$ 0,41 em Minas
Mais de 40% das empresas usam planilhas ao contratar
Inadimplência recua na Capital
TCU vai apurar se cobrança por despacho de bagagem reduziu preços das passagens
Governo espera movimentar a economia com liberação de saques
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


19 de junho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.