Publicidade
26/04/2018
Login
Entrar

Negócios

17/03/2018

MG tem condições de abrigar polo óptico

Estado representa cerca de 10% da atividade do País, alcançando a terceira posição em mercado
Thaíne Belissa
Email
A-   A+
O segmento óptico no Brasil cresceu uma média de 20% por ano até 2013/Alisson J. Silva
Com um desempenho acima da média nacional, o setor óptico em Minas Gerais vive período de recuperação e ganha a atenção da Associação Brasileira da Indústria Óptica (Abióptica), que enxerga no Estado condições para a criação de um polo óptico.

Enquanto o setor no País fechou 2017 com 7,4% de crescimento no faturamento em relação a 2016, em Minas Gerais o resultado nessa mesma base de comparação foi de 12% de alta. Para o presidente da Abióptica, Bento Alcoforado, Minas Gerais tem localização, tamanho e renda per capita para colocá-lo em segundo lugar em faturamento do setor óptico no Brasil.

De acordo com o presidente, a atividade do setor em Minas Gerais representa cerca de 10% da atividade nacional, o que coloca o Estado em terceiro lugar no ranking de mercados mais representativos, um pouco atrás do Rio de Janeiro. São Paulo é o principal mercado do setor. Mas, para o presidente da Abióptica, Minas Gerais tem condições de ser muito mais representativo, considerando o tamanho de sua população, seu Produto Interno Bruto (PIB) e seus resultados expressivos acima da média nacional.

“Apesar de ter um PIB um pouco menor que o do Rio de Janeiro, Minas Gerais tem muito mais municípios e uma população maior. Isso é muito significativo se pensarmos que há projetos de lei que instituem políticas públicas que fomentam a realização de exames de visão em ambientes como escolas e em situações como admissão de empregados. Quando essas medidas forem instituídas - o que deve acontecer em, no máximo, cinco anos - haverá uma injeção no consumo de óculos no País e Minas Gerais com uma população tão grande terá uma demanda imensa”, analisa.

O presidente também chama atenção para a localização estratégica do Estado, o que favorece a logística de transporte de mercadorias. Segundo ele, a Abióptica iniciou, em 2013, uma negociação com a prefeitura de Extrema, no Sul do Estado, para a criação de um polo óptico na cidade, mas, a conversa não evoluiu. Ele afirma que a associação tem o interesse em retomar o diálogo para iniciar ações em 2019. “A região faz fronteira com São Paulo e está próxima a grandes terminais aeroportuários. Seria extraordinário ter um polo óptico ali”, diz.

Segundo Alcoforado, o setor óptico no Brasil cresceu uma média de 20% por ano até 2013. A partir de 2014 o segmento foi fortemente impactado pela crise, chegando em 2015 com seu pior resultado: 11% de queda no faturamento em relação a 2014. Em 2016, o setor começou a se recuperar, mas ainda fechou o ano com queda de 7% em relação a 2015. A recuperação continuou em 2017, quando o setor finalmente teve fôlego e cresceu cerca de 7% em relação a 2016.

O presidente chama a atenção para o desempenho do setor em Minas Gerais, que seguiu a mesma lógica de retração e recuperação, mas com resultados muito melhores. Em 2015 e em 2016, o Estado registrou queda no setor de 8,6% e 6% respectivamente. Já em 2017, o crescimento em relação ao ano anterior foi de 12%, quase o dobro da média nacional.

Para 2018, a expectativa da Abióptica é de crescimento de 5% no faturamento do setor no Brasil, em relação ao ano passado. “Só nos dois primeiros meses deste ano, já registramos um crescimento no faturamento de 1,5% em relação a 2017. Essa evolução deve continuar nos próximos meses, mas deve estagnar no último quadrimestre por causa das eleições. A tendência é de que os empresários e os próprios consumidores fiquem mais cautelosos porque o cenário político é muito incerto”, analisa.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

26/04/2018
Festivais impulsionam os bares em BH
Estabelecimentos da Capital registram aumento na demanda e investem em melhorias
26/04/2018
Amazon tenta avanço no Brasil
Ação da companhia se dá em meio aos resultados positivos de concorrentes no País
26/04/2018
Que nível de confiança você tem em sua equipe?
A interessante pergunta é reflexiva e reveladora. Podemos usar as máximas populares da gestão onde “a equipe é reflexo do seu líder” e também...
26/04/2018
Trem Bier começa hoje em Tiradentes
Festival de cervejas artesanais na cidade histórica deverá reunir cerca de 30 mil participantes
26/04/2018
Facebook apura lucro líquido de US$ 4,98 bilhões
São Paulo - O Facebook apresentou lucro líquido de US$ 4,988 bilhões no primeiro trimestre deste ano, o equivalente a US$ 1,69 por ação, representando um...
› últimas notícias
Incertezas do Brasil e juros dos EUA levam o dólar a subir
Porto de Santos atinge nível recorde no movimento de cargas em março
Confiança do consumidor sobe só 0,3%
Caixa retoma 1.089 imóveis em Minas
Santander reduz juros anuais para 8,99%
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


26 de abril de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.