17/08/2018
Login
Entrar

Agronegócio

10/08/2018

Milho e feijão terão recuo no Estado

Michelle Valverde
Email
A-   A+
A cultura de feijão foi reduzida em 4%, com queda na produtividade de 1,5%/Divulgação
Outro importante produto da agropecuária mineira, o milho vai encerrar o ano safra com um volume total de 7 milhões de toneladas, queda de 5,8%. O cereal perdeu espaço para a soja e área dedicada ao cultivo caiu 8% somando 1,16 milhão de hectares. A produtividade no período cresceu 2,5%, com rendimento médio de 6 toneladas por hectare. Na primeira safra, que já foi concluída, a produção recuou 6,9%, com a colheita de 5,39 milhões de toneladas.

Já o milho segunda safra apresentou redução de 5,1% na área em relação à safra anterior, somando 339,4 mil hectares. Parte da queda ocorreu devido ao atraso da colheita da soja, que foi plantada mais tarde em função das chuvas tardias, o que reduziu a janela de plantio do milho. A produção total na segunda safra será de 1,69 milhão de toneladas, volume 2% menor.

Quanto à produtividade, foi superior em 3,3% em relação à safra anterior, somando 4,98 toneladas de milho por hectare. No 10º levantamento, a previsão era de um rendimento de 5,23 toneladas por hectare, o que representaria uma variação positiva de 8,6%.

De acordo com os técnicos da Conab, a redução da produtividade em relação à previsão anterior foi acarretada pela falta de chuva entre o primeiro e segundo trimestre do ano. Além disso, ataques de cigarrinha e da dificuldade de controle, devido ao clima mais seco, contribuíram para a redução da produtividade.

Feijão - A produção mineira de feijão também ficou menor. De acordo com a Conab, houve uma redução de 4% na produção total, que somou 513,6 mil toneladas. A área total cultivada caiu 2,6%, com o uso de 339 mil hectares. A produtividade média das lavouras ficou 1,5% menor, com a colheita de 1,51 tonelada por hectare.

O impacto negativo veio da segunda e terceira safras, que retraíram, respectivamente, 9,8% e 5%, com a colheita de 140 mil e 143,7 mil toneladas. Na primeira safra o aumento foi de 1,6% e um volume de 198,3 mil toneladas de feijão.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

17/08/2018
VBP deve ter ligeiro recuo em Minas
Previsão para o ano é de R$ 57,6 bilhões, retração de 0,33% frente ao registrado em 2017
17/08/2018
ADM fecha acordo de compra de unidades da Algar Agro
São Paulo - A norte-americana Archer Daniels Midland (ADM) anunciou ontem que fechou um acordo para compra de unidades processadoras de soja da brasileira Algar Agro, braço...
17/08/2018
Proibição seria um desastre, diz Maggi
Rio de Janeiro - O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, afirmou ontem que uma eventual proibição definitiva do uso de glifosato no Brasil seria um “desastre” para a...
17/08/2018
Redução é estimada em 2,2% no País
Brasília - Em 2018, o Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) está estimado em R$ 563,5 bilhões, 2,2% menor que o de 2017 (R$ 575,9 bilhões)....
17/08/2018
Na pecuária, queda pode chegar a 5,54%
Em Minas Gerais, a projeção do Valor Bruto da Produção (VBP) para a pecuária, ao contrário da agricultura, é negativa. A previsão, com base...
› últimas notícias
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


17 de agosto de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.