Publicidade
21/11/2017
Login
Entrar

Política

13/09/2017

Miller nega "jogo duplo" em caso JBS

FP
Email
A-   A+
São Paulo e Rio de Janeiro - Em nota divulgada ontem, a defesa de Marcello Miller diz que o ex-procurador “nunca fez jogo duplo ou agiu contra a lei” e que ele não mantinha contato com Rodrigo Janot, procurador-geral da República, desde outubro de 2016, quando deixou de ser seu auxiliar. Documentos entregues à PGR (Procuradoria-Geral da República) mostram ao menos 13 trocas de e-mails entre Miller e representantes de um escritório...

Exclusivo para assinantes.


Para ler esta e outras matérias, cadastre-se gratuitamente ou assine.

Ler 5 matérias por mês

     

Receber nossas newsletters



Assinar
Cadastrar

Ou faça login

Leia também

21/11/2017
Maia critica que recorrer a MPs é agir como "ditador"
Presidente da Câmara volta a reprovar alterações na lei trabalhista
21/11/2017
Temer troca ministro à cata de apoio
Indicado para pasta das Cidades é ligado ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia
21/11/2017
Ao assumir, novo diretor-geral põe em dúvida corrupção atribuída a Temer
Brasília - O novo diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, apontou dúvida sobre a conclusão de que houve corrupção por parte de Michel...
21/11/2017
Câmara tem proposta alternativa
Brasília - Em meio às negociações para enxugar o texto da reforma da Previdência, a Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira...
21/11/2017
Reforma deve ir para pauta até começo de dezembro
Brasília - A reforma da Previdência deverá ser pautada na Câmara dos Deputados até a primeira semana de dezembro, afirmou ontem ministro da Fazenda, Henrique...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.