Publicidade
26 de May de 2017
Login
Entrar

Economia

21/04/2017

Ministro garante obras na BR-381 em 2017

Gabriela Pedroso
Email
A-   A+
Dois dos 11 lotes da obra entre BH e Governador Valadares estão em andamento/Divulgação
A continuidade das obras de duplicação em andamento na BR-381 está garantida para o restante de 2017. Pelo menos foi o que o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella Lessa, assegurou aos membros da Comissão de Transporte, Comunicação e Obras Públicas da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) em reunião realizada na última quarta-feira (19), em Brasília. Mesmo após o governo federal anunciar que vai cortar mais gastos em despesas programadas para este ano para conter o rombo nas contas públicas, o ministro assumiu o compromisso com a rodovia federal.

“O ministro garantiu que não vai haver contingenciamento nas obras, já que a BR-381 não tem condições de ser paralisada por conta dessa situação”, contou o presidente da Comissão, o deputado estadual Fábio Cherem (PSD), ao DIÁRIO DO COMÉRCIO. O parlamentar esteve presente no encontro e afirmou que, somente no último feriado (Páscoa), a “Rodovia da Morte” contabilizou 28 acidentes com vítimas fatais.

Atualmente, dois dos 11 lotes da obra realizada no percurso entre Belo Horizonte e Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, estão com trabalhos em andamento. Um deles é o lote 7, cujas intervenções consistem na duplicação e asfaltamento de 20 quilômetros da rodovia e na construção de um viaduto. O trecho vai do trevo de Barão de Cocais a Caeté.

A outra obra diz respeito ao lote 3.1, próximo ao município de Antônio Dias, e tem como intuito ligar os túneis já construídos nos lotes 3.2 e 3.3. Ela estava sob a responsabilidade do consórcio Isolux/ Corsán/ Engevix, que, no entanto, suspendeu os serviços na região e acabou tendo o contrato rescindido. A incumbência foi posteriormente transferida a Brasil/Mota/Engesur, segunda colocada na licitação original e também responsável pelo lote 7. A mudança gerou um atraso nas intervenções no local, mas, segundo Cherem, elas devem ter início ainda neste semestre.

“Fomos até o ministro pedir que os repasses para as obras em andamento na BR-381 não fossem interrompidos para os lotes 7 e 3.1. E o ministro assegurou que eles não serão suspensos, que o cronograma será mantido”, afirmou o presidente da Comissão de Transporte, Comunicação e Obras Públicas da ALMG.

De acordo com estimativas da regional da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) do Vale do Aço, seriam necessários recursos da ordem de R$ 350 milhões para a conclusão dos dois trechos.

Anel - Outros dois pontos principais na pauta da reunião em Brasília foram a situação do Anel Rodoviário de Belo Horizonte e a conclusão da BR-367, do trecho de Salto da Divisa até Almenara, no Vale do Jequitinhonha. Na ocasião, ficou definido que Maurício Quintella fará uma visita à comissão em Minas Gerais com o objetivo de esclarecer a situação das obras no principal corredor viário da capital mineira. A vinda do ministro ao Estado deve ocorrer em maio.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

26/05/2017
Vestuário no Brasil perde R$ 29 bilhões com pirataria
FNCP vê negligência no País
26/05/2017
Escândalo da JBS pode reduzir oferta de carne no País, diz a Abrafrigo
São Paulo - Os desdobramentos do escândalo de corrupção envolvendo a delação da cúpula da JBS podem resultar em uma diminuição da...
26/05/2017
Cooperativa de compras reduz custos para empresas em MG
Coopercon-MG está em operação há quatro meses
26/05/2017
TJ facilita transferência de crédito de ICMS
Prerrogativa é concedida às subsidiárias da Jaguar Mining Inc. Serras do Oeste Ltda e Turmalina Ltda
26/05/2017
Futuros do minério de ferro recuam 4%
Manila, Filipinas - Os futuros do minério de ferro na China caíram 4% ontem, no terceiro dia consecutivo de perdas, em meio a persistentes preocupações sobre a demanda...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.