17/08/2018
Login
Entrar

Agronegócio

08/08/2018

Missão técnica canadense planeja visitar o Brasil para importar produto in natura

Reuters
Email
A-   A+
São Paulo - Uma missão técnica do Canadá deve visitar o Brasil em outubro para inspecionar o processo de produção de carne bovina, e o país norte-americano talvez possa autorizar ainda em 2018 as importações do produto in natura brasileiro, destacou o presidente da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec), Antônio Jorge Camardelli.

“Estamos na expectativa de uma visita em outubro... Acho que podemos ter um resultado positivo ainda neste ano”, avalia Camardelli, acrescentando que autoridades canadenses mantêm discussões com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Atualmente, o Brasil já embarca carne industrializada para o Canadá, mas ele não detalhou o volume.

O Brasil é o maior exportador de carne bovina e conta com um rebanho de mais de 200 milhões de cabeças.

Camardelli também afirmou que a indústria brasileira já deu garantias de qualidade aos Estados Unidos e espera que o país envie uma equipe para uma rodada de inspeção no Brasil.
Os EUA suspenderam as compras de carne in natura do Brasil em junho do ano passado, após encontrarem inconformidades nos embarques. Inicialmente, havia a expectativa de uma reabertura mais rápida do mercado.

A suspensão anunciada pelos EUA foi apenas um dos vários golpes sofridos pelo setor no ano passado, que lidou ainda com os efeitos da operação Carne Fraca, da Polícia Federal, e o embargo da Rússia às vendas brasileiras.

“Sobre a Rússia, também temos expectativa de reabertura”, afirmou ele, sem detalhar, durante evento promovido por Datagro e XP, em São Paulo.

Outros potenciais mercados no radar da Abiec são Turquia, Indonésia e Tailândia, que deve enviar uma missão ao Brasil no segundo semestre, segundo o dirigente. A China também tende a mandar uma segunda equipe ao País, acrescentou.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

17/08/2018
VBP deve ter ligeiro recuo em Minas
Previsão para o ano é de R$ 57,6 bilhões, retração de 0,33% frente ao registrado em 2017
17/08/2018
ADM fecha acordo de compra de unidades da Algar Agro
São Paulo - A norte-americana Archer Daniels Midland (ADM) anunciou ontem que fechou um acordo para compra de unidades processadoras de soja da brasileira Algar Agro, braço...
17/08/2018
Proibição seria um desastre, diz Maggi
Rio de Janeiro - O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, afirmou ontem que uma eventual proibição definitiva do uso de glifosato no Brasil seria um “desastre” para a...
17/08/2018
Redução é estimada em 2,2% no País
Brasília - Em 2018, o Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) está estimado em R$ 563,5 bilhões, 2,2% menor que o de 2017 (R$ 575,9 bilhões)....
17/08/2018
Na pecuária, queda pode chegar a 5,54%
Em Minas Gerais, a projeção do Valor Bruto da Produção (VBP) para a pecuária, ao contrário da agricultura, é negativa. A previsão, com base...
› últimas notícias
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


17 de agosto de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.