Publicidade
26/04/2018
Login
Entrar

Finanças

11/04/2018

Moody's rebaixa a nota de Minas Gerais

AE
Email
A-   A+
São Paulo - A agência de classificação de risco Moody’s reafirmou os ratings do Estado de São Paulo, em Ba2, e do município de Belo Horizonte, em Ba3, e rebaixou a nota de crédito de Minas Gerais de B1 para B2.

A perspectiva da agência para a nota de crédito de São Paulo mudou de negativa para estável, assim como a de Minas Gerais. Já a perspectiva para Belo Horizonte se manteve estável.

Em nota, a Moody’s explica que as ações de rating ocorrem como resultado da reafirmação da nota de crédito soberano do Brasil em Ba2, anunciada na segunda-feira, com mudança da perspectiva de negativa para estável.

O rebaixamento do rating de Minas Gerais, escreve a agência, se deve à continuação da deterioração da posição fiscal do Estado em 2017, quando o déficit operacional bruto se expandiu para quase 6% das receitas operacionais, ante 1,6% em 2016.

Já as perspectivas estáveis dos três ratings refletem a expectativa da Moody’s de que a qualidade de crédito dos entes continue “amplamente estável” ao longo dos próximos 12 a 18 meses e permaneça suportada pelo “forte quadro institucional” e pela “supervisão atenta” do governo federal brasileiro sobre estados e municípios do País.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

26/04/2018
Déficit primário passa de R$ 24 bi
Valor, afetado pela antecipação de precatórios, é o pior para o mês na série histórica
26/04/2018
Precatórios e ações judiciais somaram R$ 9,5 bi
Brasília - O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, comentou ontem que o déficit primário de R$ 24,828 bilhões em março se deveu à...
26/04/2018
Criação de despesas pelo Congresso é minimizada
Brasília - O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, disse ontem que o governo não precisa se defender da criação de novas despesas...
25/04/2018
Portabilidade permite a busca de taxas mais atrativas para mutuários
Financiamento imobiliário pode ser transferido entre bancos
25/04/2018
Dólar registra alta pelo quarto pregão consecutivo e fecha cotado a R$ 3,47
São Paulo - O dólar subiu ontem em relação ao real, pelo quarto pregão consecutivo - embora não tenha repetido o mesmo comportamento em...
› últimas notícias
Incertezas do Brasil e juros dos EUA levam o dólar a subir
Porto de Santos atinge nível recorde no movimento de cargas em março
Confiança do consumidor sobe só 0,3%
Caixa retoma 1.089 imóveis em Minas
Santander reduz juros anuais para 8,99%
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


26 de abril de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.