Publicidade
19/02/2018
Login
Entrar

DC Auto

17/02/2017

Motores 1.6 (118/120 cv) e 2.0 (143/148 cv)

José Oswaldo Costa
Email
A-   A+
O nosso Captur, que também será vendido na Rússia, na Índia e em mais oito países da América Latina, não é exatamente o mesmo modelo que vem obtendo muito sucesso na Europa desde 2013, quando foi lançado por lá. Ele foi desenvolvido pensando nas especificidades dos mercados emergentes.

O design, esse sim, praticamente idêntico, é muito bonito e moderno. As duas versões trazem luzes diurnas em LED, no formato da letra C, ao redor dos faróis de neblina. O capô possui dois vincos bem marcados.

Na traseira, destaque para as lanternas, que também possuem elementos em LED no formato de C (nas extremidades), para a ponteira do escapamento cromadas e para um friso, também cromado, abaixo da tampa do porta-malas. Ele passa a sensação de que o Captur é mais largo.

Com desenhos diferenciados, as rodas das duas versões são de 17 polegadas. Destaque para a pintura “biton”, onde o teto do veículo pode ser pintado em cor diferente do restante da carroceria. Segundo a Renault, o investimento na área de pintura da planta localizada no Paraná, onde o Captur está sendo produzido, foi de 4,5 milhões de euros. Das 13 combinações de cores oferecidas, 9 podem ser biton.

O teto pode ser preto ou marfim. Já a carroceria, preta, branca, marrom, laranja, marfim, vermelha, prata ou cinza.

Como dissemos anteriormente, o powertrain do Captur é conhecido dos brasileiros. Motor 1.6 16V capaz de render 118/120 cv (gasolina/etanol) e 16,2 kgfm de torque aliado ao câmbio manual de 5 marchas e 2.0 16V que pode gerar 143/148 cv (gasolina/etanol) e 20,2/20,9 kgfm de torque (gasolina/etanol) trabalhando em conjunto com um câmbio automático de 4 marchas.

Importante destacar que, a partir de junho, a Renault oferecerá o Captur com motor 1.6 e câmbio CVT. Questionados sobre a utilização do câmbio automático de 4 marchas, os executivos da montadora presentes no lançamento informaram que a escolha do conjunto foi motivada pela sua confiabilidade.

A direção é eletro-hidráulica com esforço variável. As duas versões trazem, de série, controle de estabilidade, controle de tração e quatro airbags (frontais e laterais). Os retrovisores externos são rebatíveis eletricamente e o SUV conta com sensor de estacionamento traseiro.

O sistema multimídia conta com tela sensível ao toque de 7 polegadas e inclui: GPS, câmera de ré, sistema de telefonia, entre outros. Para sua utilização, comando satélite na coluna de direção, algo já tradicional em veículos da montadora francesa.

A chave do Captur é do tipo cartão e presencial. Ou seja, a ignição é possível apenas com a presença dela no interior do carro. Isso também ocorre para abrir e fechar as portas: basta que o cartão esteja no bolso, por exemplo.

O novo SUV compacto, de acordo com a Renault, passou por testes em mais de 6 países e percorreu mais de 1 milhão de quilômetros. Para isso, foram utilizados cerca de 150 veículos de testes.

Os investimentos na modernização dos motores 1.6 e 2.0, que ocorreu no ano passado, e no desenvolvimento do Captur foram de R$500 milhões, segundo a montadora.

As pré-vendas já começaram e o modelo estará nas concessionárias das regiões Sul e Sudeste na próxima semana. No restante do País, estará disponível a partir de março. A Renault optou por não informar qual é a sua expectativa quanto ao número de unidades que serão vendidas mensalmente.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

16/02/2018
Fiat Argo Drive tem bom desempenho
Motor 1.0 de três cilindros é econômico e agrada, tanto na estrada quanto no trânsito urbano
09/02/2018
Novo sedan Cronos será lançado neste mês
Modelo da Fiat brigará nos segmentos de compactos e médios. Principal disputa será com o VW Virtus
09/02/2018
Espaço interno não decepciona
Durante a conversa com os executivos da montadora italiana, um dado questionado foi quanto a distância entre-eixos do modelo (2,52 metros), uma vez que ela não foi alterada em...
02/02/2018
Peugeot 3008 ganha nova versão, topo de linha, Griffe Pack
Tecnologias para segurança se destacam
02/02/2018
Ford Ka Freestyle chegará no segundo semestre
A Ford apresentou, nessa semana, uma nova opção para o hatch compacto Ka. Denominada Freestyle, a versão aventureira foi mostrada para a imprensa especializada no mesmo dia em que era lançada...
› últimas notícias
Sondagem revela retomada do otimismo na construção civil
Valor liberado para médios e grandes produtores na safra 2017/18 é de R$ 85 bilhões
Justiça decide que elétricas não poderão ter cobrança retroativa de débitos de R$ 6 bilhões
Sebrae pretende atender 69,6 mil MPEs
Nível de atividade do varejo no Brasil aumenta 1,3% em janeiro, aponta a Cielo
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Começam as obras do Aeródromo Inhotim
Folia supera expectativas em Belo Horizonte
Mobiliata une empreendedorismo e impacto social
Sondagem revela retomada do otimismo na construção civil
Carnaval aqueceu setor de brindes na Capital
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


17 de fevereiro de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.