Publicidade
21/11/2017
Login
Entrar

DC Franquia

26/09/2017

Mundo Verde abre loja no Shopping Serena Mall

Mírian Pinheiro
Email
A-   A+
A Mundo Verde, maior rede de lojas especializadas em produtos naturais e orgânicos da América Latina, segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), acaba de inaugurar uma loja no Shopping Serena Mall, no bairro Vale do Sereno, em Nova Lima, Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). Com a nova unidade, a franquia passa a contar com 11 lojas em BH e cidades próximas.

De acordo com a diretora de operações da rede, Daniela Heldt, a marca registrou faturamento bruto de R$ 480 milhões em 2015, R$ 530 milhões em 2016, e a expectativa para 2017 é encerrar o ano com receita de R$ 580 milhões, um crescimento de 9,43% na comparação com o ano anterior.

Hoje, as marcas próprias da rede representam 12% da receita, e a meta é chegar a 50% em cinco anos, atingindo 15% neste ano. São 5 mil itens comercializados nas lojas, entre eles, 200 produtos de marca própria. A rede está investindo R$ 30 milhões no desenvolvimento desses produtos e na importação de itens exclusivos.

A Mundo Verde possui 30 anos de atuação no Brasil, figura hoje como o maior share de mercado em produtos naturais, com 400 unidades franqueadas, sendo que, até 2018, estima inaugurar 60 novas franquias nas regiões Sudeste e Centro-Oeste do País.
Minas, entretanto, aparece nesse cenário de crescimento como agente propulsor. A diretora diz que a marca tem planos de expansão no Estado, com foco na Capital.

“Possuímos 27 lojas em Minas e temos potencial para novas aberturas. Este ano, já abrimos duas novas unidades, uma no shopping Serena Mall e abriremos até o fim de outubro, outra unidade no bairro Castelo”, observa.

Na visão de Daniela Heldt, a Grande Belo Horizonte tem uma economia vibrante, moderna e cada vez mais interessada em qualidade de vida. “Com população de 21 milhões, o Estado tem PIB per capita de R$ 18 mil, com cidades de grande expressividade, tanto em sua capital, como no interior, por conta da agroindústria, o que torna esta região de alto interesse para expansão do Mundo Verde”, destaca.

Investidora - A nova unidade aberta em Nova Lima, no Serena Mall, tem à frente a empresária Gabriela Diniz Esteves, que já possui uma franquia Mundo Verde no bairro Belvedere, região Sul da Capital. A empresária diz que decidiu investir em uma nova unidade do Mundo Verde por conta do crescimento da marca no mercado, pela modernidade e também por poder contribuir com o consumo de alimentos saudáveis.

Segundo ela, a localização da nova unidade contribuirá para atrair novos consumidores moradores da região e frequentadores do shopping. “Estamos prontos para atender todos os públicos da rede. Na loja os consumidores poderão conferir todos os alimentos saudáveis e direcionados para quem faz dieta, ou possui alguma restrição alimentar, opções diet e light”, explica.

Nas prateleiras os clientes também poderão conferir os produtos da marca própria Mundo Verde Seleção e a nova Elixir, criada para cuidar da saúde e beleza das mulheres acima dos 30 anos, com produtos encapsulados e solúveis.

Curva crescente - A primeira loja da Mundo Verde foi inaugurada em novembro de 1987, em Petrópolis, no Rio de Janeiro. Em 1993, a empresa aderiu ao sistema de franquias e inaugurou a primeira unidade franqueada em Nova Friburgo, município fluminense. A expansão continuou e em 2007, ao completar 20 anos de operação, a rede chegou ao número de 100 lojas no Brasil.

Em 2009, a empresa deixou de ser familiar ao abrir seu capital para fundos de investimento e, com isso, chegou a 126 lojas. Atualmente, a Mundo Verde conta com 400 lojas em funcionamento.

A marca conta apenas com um modelo de negócio: loja - de rua ou centro comercial. O investimento inicial parte de R$ 225 mil, valor que contempla a taxa de franquia, a montagem da loja, os equipamentos, os treinamentos necessários e o estoque inicial.
De acordo com o tamanho e potencial da unidade, é importante que o capital de giro do franqueado esteja entre R$ 30 mil e R$ 50 mil.

RAIO X - Mundo Verde

Investimento Inicial: entre R$ 200 mil e R$ 250 mil (já com taxa de franquia)
Taxa de franquia: R$ 60 mil
Área para o ponto: 50m² + campo de futebol (27x47 mínimo)
Faturamento bruto mensal: aproximadamente R$ 100 mil
Taxa de royalties: 9%
Taxa de publicidade: Não possui
Lucratividade média sobre o faturamento: Entre 18% e 25%
Prazo de retorno do investimento: 24 meses
Prazo de contrato: 05 anos

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

15/11/2017
Rede Leve Pizza abre as portas em Leopoldina
Franquia vende pizza pré-assada
15/11/2017
Fiorella Gelato planeja mais duas lojas em BH
O calorão da primavera, que ultrapassa os 30 graus Celsius em Belo Horizonte, tem animado os donos da Fiorella Gelato, que completa um ano em novembro. Os amigos passaram um ano estudando o...
15/11/2017
Emagrecentro já soma oito clínicas em Minas Gerais
Há 31 anos no mercado, a rede de franquias de estética Emagrecentro surgia na periferia de São Bernardo do Campo (SP). Hoje, está espalhada pelo território...
27/10/2017
Grupo Trigo reposiciona marcas no mercado
Uma das estratégias da rede é a criação de uma culinária mais sofisticada sem aumento de preço
05/10/2017
Hope prevê abrir de 4 a 5 lojas em Minas Gerais
Belo Horizonte, Ipatinga, Sete Lagoas e Uberlândia deverão ser contempladas até o final de 2018
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.