22/06/2018
Login
Entrar

Economia

13/06/2018

Na capital paulista, 51,1% das famílias devem

AE
Email
A-   A+
A Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) de maio, realizada pela FecomercioSP, revelou que 51,1% das famílias da cidade de São Paulo estão endividadas e, entre elas, 9% não têm condição de pagar as dívidas e ficarão inadimplentes.

Em termos absolutos, 1,99 milhão de famílias paulistanas estão endividadas. Isso representa uma queda de 2,4 pontos porcentuais em relação a abril (53,5%) e de 1,3% p.p. na comparação com o maio do ano passado (52,4%).

A inadimplência permaneceu tecnicamente estável na comparação mensal, passando de 19,4% em abril para 19,3% em maio. São 751 mil famílias que não conseguiram quitar a dívida até a data do vencimento.

O nível de inadimplência é mais alto em famílias que recebem até 10 salários mínimos. Em maio, a taxa dos que têm dívida em atraso foi de 25%, 0,4 p.p. superior ao porcentual de abril e 0,6 p.p. acima na comparação anual. No grupo de famílias que têm renda superior a 10 salários mínimos, a taxa de inadimplência teve queda na comparação mensagem e anual. Em maio, a taxa foi de 6,7%, abaixo dos 7,5% vistos em abril e maio do ano passado.

Tempo médio - A pesquisa também revelou que houve aumento do tempo médio de pagamento em atraso, que passou de 62 dias registrados em maio do ano passado para 66 dias na última coleta.

Em nota, a FecomercioSP afirma que o resultado de maio “traz um sinal de alerta para o nível de inadimplência”, especialmente nas famílias de baixa renda.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

22/06/2018
Minas apura alta de 1,4% no primeiro trimestre
Resultado, em relação ao mesmo período de 2017, é atribuído à modesta recuperação do consumo
22/06/2018
Operação financeira depende do Judiciário
O Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCEMG) adiou a decisão sobre a proibição de operação financeira pretendida pelo governo de Minas, de lançar...
22/06/2018
Lucro das cinco maiores cresce 44,8% frente a 2017
Brasília - Os cinco maiores grupos das empresas estatais, composto por Petrobras, Eletrobras, BNDES, Banco do Brasil e Caixa, tiveram lucro de R$ 15,1 bilhões no primeiro trimestre...
22/06/2018
Ocupação frequente do Expominas beneficia hotéis do Oeste de BH
Com a reforma do Minascentro, eventos vão para a Gameleira
22/06/2018
União programa realizar em novembro megaleilão de áreas para exploração do pré-sal
São Paulo/Brasília - O governo federal já prevê realizar no fim de novembro um megaleilão de áreas para exploração de petróleo no...
› últimas notícias
Minas apura alta de 1,4% no primeiro trimestre
Operação financeira depende do Judiciário
Lucro das cinco maiores cresce 44,8% frente a 2017
Ocupação frequente do Expominas beneficia hotéis do Oeste de BH
União programa realizar em novembro megaleilão de áreas para exploração do pré-sal
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


22 de junho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.