Publicidade

DC Auto

06/01/2017

Na Europa, o crescimento foi de 6%

Rogério Machado
Email
A-   A+
Na Europa, também em um ciclo de três anos de crescimento, o fechamento de 6% de elevação das vendas é um ótimo resultado, principalmente considerando a entrada de carros americanos e asiáticos na região.

O escândalo das emissões de setembro de 2015, afrontado em 2016, representou uma grande ameaça a um dos gigantes do setor, a Volkswagen (juntamente com a Audi, Skoda e Seat).

A crise foi superada através de uma série de mudanças no quadro gerencial e de uma rápida reorganização das áreas afetadas. Os números indicam que a credibilidade do grupo alemão foi resgatada com um aumento de 6,3% nas vendas na Europa (cresceu também nos EUA).

O mercado europeu também mostrou este ano um relativo declínio da motorização diesel. A queda não é grande, mas representa uma tendência já observada desde 2011 sobre os carros pequenos e compactos com estes motores, se mantendo hoje sobre os veículos maiores.

Também no velho mundo os indicadores apontam para certa estabilização no próximo ano, principalmente influenciada pelas eleições, pelo referendum na Itália e pelo Brexit.

Estamos em um momento da história em que se fala de uma verdadeira revolução da mobilidade com mudanças da base energética e na gradativa robotização dos veículos.

Curiosamente, o Brasil aparece aí como mero espectador, dirigido por um governo de transição que tem o desafio de implementar, em um curto prazo, mudanças gigantescas sob uma forte tempestade.

O ano que se inicia trará mais incertezas no cenário internacional com o novo governo americano e as eleições europeias.

Estamos vivendo um momento único que definirá nossa posição futura e nem todos se deram conta disso.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

13/01/2017
Honda Civic EXL quer encarar o líder
Décima geração do sedan médio oferece pacote completo, câmbio CVT e motor 2.0 16V aperfeiçoado
13/01/2017
Novo interior agrada pela qualidade
Como é característica da Honda, o interior do novo Civic é bem-acabado, utilizando materiais de qualidade e agradáveis ao toque. O couro predomina, sendo o revestimento...
06/01/2017
Os desafios da indústria no cenário atual
Embora os automóveis sejam responsáveis por geração de trabalho, o setor é bastante vulnerável
06/01/2017
Seguro deve cobrir os danos com enchentes
Já estamos no verão, tempo de sol, praia, sorvetes… e também das chuvas e das temidas enchentes. Quem tem um carro e passa constantemente por regiões com risco de...
30/12/2016
Sexta geração do Camaro chega ao País
Esportivo da Chevrolet conta com novo motor 6.2 V8, de 461 cv, e câmbio automático de 8 marchas
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.