Publicidade
23 de June de 2017
Login
Entrar

DC Auto

03/02/2017

Novo Honda WR-V chega em março

Modelo se une ao CR-V e ao HR-V para ampliar a família de utilitários da montadora japonesa
José Oswaldo Costa
Email
A-   A+
Ele foi a maior atração da Honda no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo, em novembro do ano passado, e um dos lançamentos mais esperados pela imprensa especializada e pelo público presente ao evento.

Estamos falando do utilitário esportivo compacto WR-V. Com lançamento oficial marcado para o mês que vem, a montadora japonesa acaba de antecipar alguns detalhes do modelo. Mesmo que a Honda negue, pode-se dizer que o WR-V é a versão aventureira do Fit.

Afinal, as semelhanças externas e internas são inegáveis. Até mesmo as medidas. As do WR-V, de acordo com a montadora, são as seguintes: Comprimento: 4 metros; Entre-eixos: 2,55 metros; Largura: 1,73 metro; e Altura: 1,60 metro. O vão livre do solo é de 17,9 cm. Os ângulos de ataque e saída são de 21º e 33º, respectivamente.

Já o Fit possui as seguintes medidas: Comprimento: 4 metros; Entre-eixos: 2,53 metros; Largura: 1,70 metro; e Altura: 1,54 metro. É fácil chegar a uma conclusão óbvia.

O WR-V é apresentado, não por acaso, em um momento importante da história da Honda no Brasil. Em outubro, mais especificamente no dia 6, a montadora comemora os 20 anos da inauguração da sua fábrica de automóveis em Sumaré, interior de São Paulo. Lá já são produzidos o Civic, o HR-V, o City e o Fit.

E o WR-V é o primeiro veículo da marca desenvolvido pela área brasileira responsável por pesquisa e desenvolvimento (P&D). Ele será comercializado no Brasil a partir de março e chegará, posteriormente, a outros países da América do Sul.

A suspensão utiliza amortecedores com batente hidráulico e diâmetro de cilindro reforçado. A barra estabilizadora é robusta com o objetivo de minimizar a rolagem da carroceria, garantido estabilidade mesmo com a altura do solo mais elevada.

O eixo traseiro é o mesmo do HR-V, oferecendo alta rigidez para garantir maior conforto e dirigibilidade. A direção é eletricamente assistida. As rodas em liga leve são de 16 polegadas calçadas com pneus 195/60.

Como já dissemos, o interior é compartilhado com o Fit. As diferenças são mínimas, como os painéis das portas. E isso é muito bom já que o WR-V conta, por exemplo, com o inigualável sistema de bancos da Honda. Ele permite diversas configurações de assentos e a acomodação de grandes objetos, e sempre foi um grande (e elogiado) destaque do Fit.
Mecanicamente, nenhuma novidade. O motor 1.5 é compartilhado com o Fit e com o City. Com gasolina, ele é capaz de render 115 cv a 6.000 rpm e 15,2 kgfm de torque a 4.800 rpm. Com etanol ele chega aos 116 cv de potência, também a 6.000 rpm, e 15,3 kgfm de torque 4.800 rpm).

Aparentemente, o novo modelo contará somente com o câmbio CVT (que possui conversor de torque), sem oferta de câmbio manual para alguma versão.

Falando em versões, nada foi antecipado pela Honda nesse campo, mas informações de bastidores do setor dão conta de que serão apenas duas. Elas deverão entrar no portfólio da montadora entre o Fit topo de linha e o HR-V mais básico. Isso permite antecipar que os preços do WR-V deverão variar entre os R$78 mil e R$87 mil.

As letras que compõem o nome do novo SUV compacto significam o seguinte: Winsome Runabout Vehicle, ou, veículo recreacional e cativante. Se a “brincadeira” for realmente boa e agradar aos brasileiros, o WR-V tem grande chance de repetir o enorme sucesso do HR-V.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

23/06/2017
Captur ganha opção pelo câmbio CVT
Somente as versões do utilitário equipadas com motor 1.6 foram contempladas com a tecnologia
23/06/2017
Renault Kwid já pode ser reservado
A Renault apresentou o Kwid, seu novo modelo compacto urbano. Ele foi a principal atração no estande da marca no Salão de Buenos Aires, realizado entre os dias 10 e 20 desse...
15/06/2017
Ford apresenta o novo EcoSport na Argentina
SUV compacto ganha mais conforto e tecnologia
15/06/2017
New Fiesta automático tem mais uma versão
A Ford apresentou uma nova versão do New Fiesta 1.6 com câmbio automático. O preço sugerido anunciado é R$ 55,99 mil. De acordo com a montadora, o modelo...
15/06/2017
Michelin lança pneu para ônibus e caminhões
A Michelin lançou uma nova solução para os desafios no transporte urbano, de passageiros e carga. O pneu X Incity Z chega ao mercado para proporcionar benefícios a todos...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.