Publicidade
20/09/2017
Login
Entrar

Agronegócio

07/01/2017

Núcleo Girolando fortalecerá raça na região de Belo Horizonte

Meta é unir setor e difundir tecnologias
Michelle Valverde
Email
A-   A+
Responsável por 80% da produção leiteira do País, a raça Girolando está em pleno crescimento/Divulgação
Produtores estabelecidos em uma área de 250 km no entorno de Belo Horizonte agora contam com o Núcleo Girolando das Gerais. O objetivo é unir os pecuaristas para garantir o acesso às tecnologias disponíveis, promovendo o desenvolvimento e o crescimento da raça. A expectativa é que, ao longo do ano, cerca de 200 criadores da região se associem.

Responsável por 80% da produção leiteira do País, a raça está em pleno crescimento devido à maior rusticidade - o que permite a adaptação em climas e manejos diferentes – à precocidade e, principalmente, à aptidão para a produção de leite.

De acordo com o presidente do Núcleo Girolando das Gerais e conselheiro da Associação Brasileira dos Criadores de Girolando (Girolando), Alexandre Lopes Lacerda, a criação do núcleo regional é importante por unir os produtores e promover ações conforme a demanda local, gerando o desenvolvimento da raça.

“A associação Girolando incentiva a organização dos criadores em núcleos regionais, visando ao fortalecimento dos criadores e da raça. O núcleo propicia, localmente, o acesso à tecnologia e é uma oportunidade de promover a maior integração entre os criadores. Durante o ano, vamos apoiar várias exposições e realizar dias de campo nas fazendas dos associados”.

A descentralização das ações da Girolando nacional também vai contribuir para o maior desenvolvimento dos pequenos produtores e a aplicação dos registros. O acesso às características dos rebanhos permite um melhor controle leiteiro e a realização de testes de progênies, quando a qualidade dos touros é testada e provada.

“Nossa expectativa é que os pequenos produtores tenham custos mais acessíveis para registrar os animais, o que é muito importante para a raça. O registro nos ajuda a promover o melhoramento e a aprimoramento da raça, nos auxiliando na seleção dos melhores bovinos”, disse Lacerda.

A adesão inicial ao núcleo foi de 45 pecuaristas e a meta é chegar aos 200 associados até o final de 2017. De acordo com Lacerda, a região no entorno de Belo Horizonte é uma das maiores bacias leiteiras do Estado e a raça Girolando está presente em grande parte das propriedades rurais. O núcleo abrange uma área de 250 quilômetros em torno da capital mineira, incluindo importantes municípios produtores, como Sete Lagoas, Pompéu, Oliveira e Divinópolis.

Redução de custos -“O nosso objetivo é garantir maior acesso desses produtores à genética de qualidade da raça para elevar a produtividade dos rebanhos, além de difundir tecnologias que permitam a redução dos custos de produção e a adoção de práticas sustentáveis.”, diz Lacerda.

A redução dos custos é vista como primordial para que os pecuaristas se mantenham e tenham lucro com a atividade. Segundo Lacerda, os últimos meses de 2016 foram difíceis para a pecuária leiteira, em função da queda dos preços do leite. Para ele, o produtor precisa ter o controle efetivo dos custos para evitar muitas perdas em períodos de preços menores. Por ser um gado rústico, com aptidão para a produção de leite e com longevidade, a raça Girolando também permite que os gastos dos produtores com os animais sejam menores.

“A atividade leiteira passa por um momento ruim, de redução dos e preços, e a Girolando nacional e o núcleo incentivam a busca constante de tecnologias que promovam a redução dos custos, já que o preço é questão de mercado e o produtor não tem controle disso”, explicou Lacerda.
 
Marca - Para agregar valor à produção leiteira, a Associação Brasileira dos Criadores de Girolando lançou o modelo de licenciamento de uma marca patenteada, que permitirá ao produtor de leite e de queijos, mediante contrato, colocar no rótulo dos produtos a indicação “G - Girolando: Produzido com leite de Girolando – A raça leiteira tropical do Brasil”, indicando que são fabricados com leite de rebanhos bovinos predominantemente da raça.

A expectativa é de que a marca agregue valor ao produtor de leite e aos produtos lácteos e torne conhecida a raça junto ao consumidor final.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

20/09/2017
Produtores mineiros buscam mais recursos
Em julho e agosto foram desembolsados R$ 3,72 bi, aumento de 34% frente ao mesmo intervalo de 2016
20/09/2017
Sistemas agroflorestais mantêm polinizadores
Áreas com sistemas agroflorestais (SAFs) biodiversos são capazes de contribuir para a conservação das abelhas sem ferrão, conforme resultados obtidos por...
20/09/2017
Comissão fará diagnóstico das condições logísticas no País
Brasília – Na última semana, foi apresentado na reunião da Comissão Nacional de Infraestrutura e Logística da Confederação da Agricultura e...
19/09/2017
Produtores contestam pesquisa do IBGE
Para a Faemg, a previsão de uma safra de 26,41 milhões de sacas em Minas Gerais é superestimada
19/09/2017
IMA abre campanha de recadastramento
O Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) iniciou ontem campanha de recadastramento dos criadores de bovinos, bubalinos, caprinos, ovinos e equídeos. O recadastramento é...
› últimas notícias
Usiminas reajustará preços em 10,2%
Setor deve mudar o foco dos investimentos
Iace tem alta de 0,7% em agosto, aponta a FGV
MP para repactuação de concessões é publicada
BR Food cogita reduzir produção em fábricas de Uberlândia
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:

Cadastrar
› Mais Lidas
Minas se distancia da recessão
Fapemig aguarda até 16 de outubro os projetos de pesquisa para o Queijo Minas Artesanal
Reino Unido estreita, ainda mais, parceria com Fiemg Lab
Compre Certo planeja ampliar atuação no interior do País
Arranjos Produtivos Locais em Minas vão receber investimentos personalizados
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


20 de September de 2017
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.