Publicidade
11/12/2017
Login
Entrar

»

Finanças

15/06/2007

Número de contas em bancos aumentou 37%

Email
A-   A+
Porto Alegre e São Paulo - O número de contas correntes nos bancos brasileiros cresceu 37% de 2001 a 2006, bem acima do aumento da população nesse período, de 7,4%, conforme estudo divulgado ontem pelo Banco Central (BC) no VI Seminário de Microfinanças, realizado na capital gaúcha. No ano passado, o país tinha 59,5 milhões de contas correntes. Os bancos registraram ainda 77 milhões de contas-poupança e 7 milhões de contas simplificadas. Mesmo com o crescimento, o Brasil ainda apresenta um número significativo de pessoas sem acesso ao serviço bancário, diz o estudo. No ano passado, eram 143 milhões de contas para uma população de 186 milhões de habitantes.

O BC lembra que em 2003 foi criada a "conta simplificada" para dar acesso ao serviço à população de baixa renda. Conforme o BC, entre as 7,1 milhões de contas desta categoria mais da metade está na Caixa Econômica Federal, no Banco Popular do Brasil e no Banco do Brasil. (AE)

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

19/10/2013
Governo vai ao FMI negociar critérios da dívida bruta
Brasília - O Brasil vai enviar uma missão técnica a Washington, nos dias 20 a 26 de outurbo, para discutir com o Fundo Monetário Internacional (FMI) mudanças no cálculo da dívida bruta...
19/10/2013
"Abandono" gera divergências
Especialistas dizem que ele continua de pé, mas "fragilizado" por aumento em gastos públicos.
19/10/2013
Economistas desconfiam de situação artificial
Em contraponto a uma corrente de economistas "neodesenvolvimentistas", que pregam o crescimento do país como prioridade, ainda que os meios abalem as estruturas do tripé econômico, outros...
19/10/2013
Nos ajustes, Bovespa garante pequena elevação
Nos ajustes, Bovespa garante pequena elevação; Petrobras cai. São Paulo - As mesmas blue chips que sustentaram os ganhos pela manhã empurraram a Bovespa para baixo à tarde. O índice...
19/10/2013
IPCA-15 acelera em outubro e sinaliza alta até fim do ano
Índice que mostra prévia subiu para 0,48% em outubro. ALISSON J. SILVA Em outubro, Alimentação e Bebidas teve alta de 0,70%, contra 0,04% no...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.