19/06/2018
Login
Entrar




DC Turismo

31/05/2018

Onda de frio deve atrair turistas para o Sul de Minas

Temporada anima municípios
Daniela Maciel
Email
A-   A+
Monte Verde reúne 200 meios de hospedagem/Divulgação
A onda de frio que alcançou Minas Gerais nas últimas semanas fez com que muita gente tirasse os agasalhos do armário e começasse a sonhar com comidinhas quentinhas e paisagens bucólicas. Tudo isso faz com que muitas cidades do Sul do Estado se animem para receber os turistas. Elas são donas de patrimônios naturais e culturais preservados e estão prontas para oferecer o mais saboroso (e quente) da culinária mineira.

Monte Verde, distrito de Camanducaia, é, talvez, o mais famoso dos destinos mineiros de inverno. A cidade faz parte do Circuito Turístico Serras Verdes do Sul de Minas. Classificada como Destino Turístico Classe A pelo Ministério do Turismo (MTur) – em Minas Gerais, apenas Belo Horizonte e Tiradentes (Campo das Vertentes) possuem a mesma classificação –, a cidade costuma receber mais de 20 mil pessoas apenas durante os fins de semana da temporada.

De acordo com o secretário de Turismo de Camanducaia, Murillo Nascimento, o objetivo é mostrar que Monte Verde é um destino para todas as épocas do ano, porém, está no inverno a grande força do distrito que reúne mais de 200 meios de hospedagem e oferece 20 mil leitos. “Esse é o número de leitos formais, mas com o advento da economia compartilhada também para hospedagem, como o Airbnb, esse número cresceu ainda mais. Junto com a agropecuária o turismo é a principal atividade econômica para Camanducaia e a principal de Monte Verde. O sucesso do turismo aqui transborda para os municípios vizinhos especialmente durante os eventos, em que são contratados músicos, profissionais bilíngues, entre outros, de outros lugares”, explica Nascimento.

Para atender com qualidade o grande número de visitantes a cidade investe em formação e qualificação da mão de obra. Após o curso para guias de turismo o próximo passo será a profissionalização dos receptivos. A ideia é que com o trade cada vez mais qualificado o turista fique mais tempo na cidade e possa apreciar os diferentes atrativos naturais e patrimoniais oferecidos.

“Tínhamos muitos visitantes no esquema bate-e-volta. Em um só fim de semana recebemos 50 ônibus lotados. Para um lugar tão pequeno é difícil manter a qualidade do atendimento com tanta gente de uma só vez. Por isso queremos mostrar que Monte Verde é um lugar que pode ser visitado em qualquer época do ano. Criamos uma lei de circulação de veículos, incentivando a vinda na baixa temporada, com preços mais acessíveis”, destaca o secretário de Turismo de Camanducaia.

Leia também:
Cidades apostam no setor para impulsionar a economia


Opções - Conhecida como destino romântico, Monte Verde também tem aberto o leque de opções para as famílias. O maior número de visitantes vem de São Paulo, mas o contingente de mineiros, especialmente oriundos de Belo Horizonte vem crescendo, principalmente nos feriados prolongados. Quase todos os hotéis já estão lotados para o Corpus Christi, entre 31 de maio e 3 de junho.

“Estamos recebendo uma geração formada por crianças que vinham aqui com os pais em décadas passadas. Eles formam uma segunda ou terceira geração que frequenta Monte Verde e agora voltam com a própria família. Hoje temos hotéis especializados e entendemos que não basta uma lareira e um bom café da manhã. É preciso oferecer serviços para todas as faixas etárias”, completa o gestor público.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

16/06/2018
Cidade de São Paulo se reiventa como destino turístico e colhe os resultados
Toni Sando de Oliveira, presidente do Visite São Paulo e da União Nacional dos CVBs e Entidades de Destinos
16/06/2018
Cursos do MTur recebem milhares de inscrições
O Ministério do Turismo oferece aos interessados em impulsionar a carreira uma oportunidade de qualificação gratuita por meio das plataformas de ensino a distância Brasil...
31/05/2018
Cidades apostam no setor para impulsionar a economia
No alto da Serra da Mantiqueira, os 30 mil habitantes de Cambuí, no Sul de Minas, esperam pela chegada dos turistas de inverno. Embora a atividade ainda represente pouco para a economia...
28/05/2018
Cadastur passa por modernização
Prestadores de serviços que atuam no setor de turismo terão mais facilidades para se formalizarem junto ao Ministério do Turismo. Além de ter sido modernizado, o que o...
26/05/2018
Rede Bristol Hotels planeja investimentos de R$ 280 mi em MG
Aportes devem ser feitos em novas unidades até 2020
› últimas notícias
Preço do diesel recua R$ 0,41 em Minas
Mais de 40% das empresas usam planilhas ao contratar
Inadimplência recua na Capital
TCU vai apurar se cobrança por despacho de bagagem reduziu preços das passagens
Governo espera movimentar a economia com liberação de saques
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


19 de junho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.